Obras

Autora dos livros:

* Anunnakis, os Deuses Astronautas - Editora Madras
* A Conspiração Anunnaki - Editora De Geneve
* Ouro de Ofir - Alquimia do Antigo Egito - Editora De Geneve
* Efeito Exillis - O Segredo das Sociedades Secretas
* Mito - Livro de Poesias
* Operação Rhesus - Em busca do Elo Perdido ( Recém lançado. Maio 17)
* 2162 - O Código Secreto de Hitler (novel - LANÇAMENTO EM JUNHO 17)

sexta-feira, 27 de julho de 2012

A PROPORÇÃO ÁUREA É A CHAVE PARA A NOVA CONSCIÊNCIA

(Proporção Áurea utilizada na obra da Monalisa)

Somos um emaranhado de pequenos circuitos elétricos, micros-bios-sistemas formando um Eco-sistema, harmonizando com outras freqüências oscilatórias da Terra.
Nossas vidas formam uma vasta rede semelhante a internet, que tem sido controlada através de um CÓDIGO por entidades de inteligência superior a humana.

Para o "manipulador" do Eco Sistema o que importa não é a nossa individualidade, mas o grupo de almas chamadas Mônadas ( Doutrina da Antiga Tradição), de consciência grupal e energética, que contribuem de certa maneira para que o destino da humanidade caminhe. Não seja soberbo, a individualidade só tem importância para cada um de nós. Somos todos como peças de software remanejadas de acordo com um objetivo maior, fazendo relações análogas e combinatórias com outros softwares. Cada um de nós representa um pequeno circuito eletromagnético individual dentro de uma grande Placa-Mãe chamada Cosmo.

Deus está no conhecimento cromossomático dos homens e expressa a sua sabedoria através das equações matemáticas e pela genialidade das mesmas, pois elas podem expressar aquilo que estou "ralando" para explicar através dessas palavras.

Sem dúvida, o universo é um grande meio eletromagnético fornecido pelos constituintes dos átomos: prótons, neutrons, elétrons e os núcleos principalmente dos isótopos de Hidrogênio. Lembrando que o vácuo é um excelente meio para transportar elétrons, o cosmo não é estável ou rígido, ele é elástico, mutável e já foi representado pela ciência contemporânea como uma estrutura cristalina que abrange uma espiral dourada denominada o Cosmo Metatrônico. Então, o cosmo acaba sendo um festival de oscilações harmônicas, onde entram as frequências vibracionais de micro universos baseados no Carbono e em sistemas bioplasmáticos como os nossos organismos altamente geradores de energia.

O balanço matemático do Cosmo está entre a matéria e a antimatéria e eles podem ser representados por uma estrutura geométrica perfeita num ângulo de 51,8 graus, o mesmo ângulo que foi usado na construção da Grande Pirâmide, possuindo também 144 facetas de mesmo comprimento. Dessa forma, o código contido na espiral áurea de todos os átomos do universo contem também 144 facetas. Essa precisão de medidas matemáticas informadas pela nossa ciência nos dá a informação de como é perfeito o maestro dessa sinfonia chamada Vida. Dificil de entender, não é mesmo? Mas a Antiga Tradição mencionava a Divina Proporção com fonte inesgotável do saber, fatos que, atualmente, o homem não faz o mínimo esforço para aprender com essa fonte de mistério.

Todos os homens viventes formam uma rede energética- biológica através do DNA.
A força oculta – biológica e energética que nos une está no controle cromossomático dos homens, na genialidade dos genes, regidos pela precisão de equações matemáticas. A estrutura do Ácidodesoxirribonucleico – DNA que rege as funções de reprodução da vida humana é o primeiro anunciante do código da vida. Os cromossomos funcionam como células solitônicas, ou seja, são como computadores holográficos que utilizam a energia vindo dos pares de DNA endógenos.(Solitônico é uma onda solitária que se propaga como que você jogasse uma pedra numa lagoa, gerando uma série de ondas concêntricas que irão alcançar a margem).

Você tem alguma dúvida de que somos seres potencialmente energéticos?
Basta medir a somatória da atividade elétrica de milhões de neurônios, principalmente no córtex, que podem ser observadas no eletroencefalograma (EEG), um aparelho que registra a atividade elétrica das células do cérebro desde a vigília até o sono profundo. As células nervosas apresentam diferenças de potencial elétrico em relação ao líquido em que está mergulhada. Potencial de ação refere-se a uma breve flutuação de cargas elétricas na membrana do neurônio, causada pela rápida abertura e fechamento de canais iônicos.

O DNA age como fonte de energia com freqüências oscilatórias que estabelecem comunicação com o meio exterior e com outras dimensões. Lembrem-se que nossos corpos são formados por água e a água é uma excelente condutor de energia. Os tecidos que formam nossos corpos são substâncias receptoras e programáveis por forças externas como a própria voz humana( O poder do Verbo).

Uma curiosidade: Cientistas Russos descobriram que o nosso DNA podem causar perturbações no vácuo, produzindo aquilo que é conhecido como buraco de minhoca ou Pontes de Einstein-Rosen existentes na vizinhança dos buracos negros (deixados pelas estrelas extintas). Eles são conexões entre áreas totalmente diferentes no universo através das quais informações podem ser transmitidas fora do espaço e do tempo. Assim, informações podem ser enviadas de um universo para outro sem nenhum ponto de contato físico ou temporal. Dessa forma, atrevo a escrever que, o DNA não é só uma interligação energética entre todos nós, mas pode significar também um caminho para que possamos dominar o binômio- TEMPO-ESPAÇO.
A intuição humana( telepatia por ex) pode utilizar a ponte interespacial do DNA. Este processo é chamado de hipercomunicação. Mesmo com a Glândula Pineal atrofiada o homem possui resíduos de capacidade para utilizar esse poder que naõ tem nada de paranormal. Alguns individuos possuem essa capacidade aumentada, treinada ou refinada. Entretanto, todos nós poderíamos fazer uso dela, basta uma reprogramação.

A reprogramação é bem aceita, pois nossas células agem diferentemente segundo os sons, ondas de rádio, raios laser modulados e outras energias em frequências apropriadas. Elas podem ser programadas por agentes externos e pelos nossos próprios pensamentos, sentimentos, som de nossas vozes e outros fatores como ondas de rádio.

O botão energético de nosso corpo que pode nos colocar em conexão com essa força cósmica universal é a Glândula Pineal, uma pequena glândula que situa entre as sobrancelhas e que por algum motivo ( QUAL?), encontra-se atrofiada. FOMOS DANIFICADOS PARA SERVIR APENAS DE PEÇAS DE UM GRANDE CIRCUITO ELETROMAGNÉTICO, PORÉM, NOS TORNAMOS APENAS TRANSMISSORES E NÃO RECEPTORES.
A glândula pineal recebe uma inervação simpática provinda do gânglio cervical superior e dos gânglios esfenopalatinos e óticos. Ela tem em sua constituição os Cristais de Apatita. E PARA QUE SERVE OS CRISTAIS DE APATITA ENCONTRADOS NA GLÂNDULA PINEAL? PARA QUE A GLÂNDULA SEJA ISOLADA E NÃO SEJA MAIS RECEPTORA ENERGÉTICA - ISSO É PROVIDENCIAL OU ISSO É UMA ARTIMANHA USADA POR UM SER SUPERIOR? QUEM?

René Descartes afirmava que "Alma Humana mora na Glândula Pineal e que esse orgão possui funções transcendentais.

Wilcok comenta que proporcionalmente ao seu tamanho, a G. Pineal possui mais fluxo sanguineo do que qualquer outro orgão do corpo humano. É nela que se concentra a maior quantidade de energia do nosso corpo. Quando se produz um Campo Magnético ao redor da G. Pineal, esse campo funciona como um escudo que bloqueia qualquer interferência eletromagnética do exterior. Ou seja,nossa Glândula Pineal fica ainda mais limitada quando sofre ondas de rádio e outras, pois estas interferências nos limitam mais em relação ao binômio Espaço-Tempo(3D) pelo qual estamos atrelados, inibindo a ativação da Kundalini.

Pensem comigo, se há uma intercomunicação entre nós através de nossa rede biológica-energética, que é DNA humano, nós podemos aguçá-la de algum modo. Exemplo dessa rede biológica-energética é o da abelha rainha está em conexão mesmo à distância com a colméia através do DNA. Essa conexão só se perde quando a abelha-rainha morre.

Se nossos corpos são constituídos 75% por água, um meio eletromagnético tão poderoso que nos liga à energia cósmica e que comanda a nossa "energia pessoal e coletiva" através até mesmo de nossos pensamentos, sentimentos ou pela nossa voz. Nossa voz é capaz de manipular os átomos de água de nossos organismos das formas mais assustadoras e maravilhosas que possamos imaginar.
Segundo o pesquisador Dr. Masaru Emoto, as moléculas de água se transformam conforme a palavra que você pronuncie ou o som que você ouve. Segundo o que você pensa, sente ou diz, a molécula de água sofre transformações geométricas e estão em constante movimento.



Se você pronunciar a palavra AMOR, a molécula se transforma geometricamente de forma maravilhosa, se você pronuncia palavras como Ódio, a molécula fica geometricamente horrorosa para ser visualizada.
O que eu quero dizer aqui é que, existem fatores palpáveis em que podemos mudar a REALIDADE de nossas vidas e de nosso planeta, basta que reencontremos os mecanismos que podem reativar a Glândula Pineal e possamos através de alguns mecanismos como esse citado por Massuro, que podemos facilmente moldar a nossa realidade, pois somos ENERGIA PURA.

Pelas minhas pesquisas soube que, as ondas baixas de rádio ( as mesmas usadas no HAARP)podem interferir de maneira benéfica em nosso cérebro, pois o meio energético em que vivemos é predominantemente semelhante. Outros fatores: os Elementos 120 possuem uma frequência que dá interferência no Sistema de Rádio.
O Ouro e os metais Platínicos em Estado Monoatômico possuem ALTO SPIN, que podem ativar o Sistema Glandular Endócrino e elevar a nossa percepção e a capacidade de níveis extraordinários.


Então, se existe um SISTEMA ELETRÔNICO que move a vida no universo, então é óbvio que existe também um Código Secreto que rege essa sinfonia de vida. Qual seria?

Em minha opinião é a Proporção Áurea, que é uma constante que oferece a chave para entender o Cosmos. O f (Phi) de Fídias equivale a 1,61803399. Este número representa a razão áurea, a beleza perfeita, a proporção ideal.
Michelangelo e Leonardo da Vinci, grandes amantes da cultura pagã, colocaram esta proporção natural em suas obras. Da Vinci ficou tão intrigado com a Proporção Áurea que como cientista: Estudava cadáveres para medir a proporção do seu corpo e descobriu que nenhuma outra coisa obedece tanto a Divina proporção quanto o corpo humano. Ele media a altura de um cadáver e depois divida pela altura do seu umbigo até o chão; o resultado é 1,618. Media o seu braço inteiro e depois divida pelo tamanho do seu cotovelo até o dedo; o resultado é 1,618. Media os seus dedos, ele inteiro dividido pela dobra central até a ponta ou da dobra central até a ponta dividido pela segunda dobra. O resultado é 1,618; Media também a perna inteira do cadáver e dividia pelo tamanho do seu joelho até o chão. O resultado é 1,618; A altura do seu crânio dividido pelo tamanho da sua mandíbula até o alto da cabeça. O resultado 1,618; Da sua cintura até a cabeça e depois só o tórax. O resultado é 1,618; (Considere erros de medida da régua ou fita métrica que não são objetos acurados de medição). Cada osso do corpo humano é regido pela Divina Proporção. Assim, todas as outras criações são ligadas numa proporção em comum.

É através da ressonância dessa Divina Proporção que encontra-se o segredo para que o homem possa trafegar entre dimensões paralelas. Ou mesmo, fazer com que a humanidade obtenha uma NOVA CONSCIENCIA. - Menos violenta, menos ambiciosa, menos predadora.

(Figura acima é de uma molécula de água, segundo Massuro.)

A Proporção Áurea é um padrão perfeito encontrado nas células, no número de poléns de uma flor, no número de buracos numa teia de caixa de abelha. Todos esses possuem o mesmo padrão áureo, ou seja, a espiral de phi áureo é um padrão geométrico que se repete em todas as escalas, desde uma célula até uma estrela.
Segundo a Wikipédia, a proporção áurea, número de ouro, número áureo ou proporção de ouro é uma constante real algébrica irracional denotada pela letra grega (PHI), em homenagem ao escultor Phideas (Fídias), que a teria utilizado para conceber o Parthenon, e com o valor arredondado a três casas decimais de 1,618. Também é chamada de seção áurea (do latim sectio aurea)[1], razão áurea,[2] razão de ouro, média e extrema razão (Euclides), divina proporção, divina seção (do latim sectio divina), proporção em extrema razão[3], divisão de extrema razão ou áurea excelência[4][5]. O número de ouro é ainda frequentemente chamado razão de Phidias .

Tudo que tem uma vibração e tem uma ressonância tem um som, o som Áureo?

O segmento áureo tem uma freqüência vibratória. Em outras palavras, estamos oscilando na freqüência dos Universos Paralelos que coexistem ao mesmo tempo, em todas as eras, épocas ao mesmo tempo. O tempo tem a capacidade de ser simultâneo aqui e ao lado. Tudo depende da sua percepção ou plataforma psicológica, mas todos nós temos uma natureza multidimensional. Todos nós estamos vivendo em um planto terreno que passa a ser um vetor focal específico para a sua consciência e a percepção de localização de todas as coisas, inclusive mensuração do tempo. Basta que possamos encontrar essa verdade, nos aprofundarmos nessa busca.
Na próxima postagem procurarei trazer mais coisas sobre o aprofundamento desse tema e o que de fato, existe palpável que possa ampliar a nossa percepção pela Glãndula Pineal.

Estava com saudades de todos vocês, meus queridos e queridas. Beijo muito carinhoso na alma.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:
Estudo Experimental dos Efeitos dos Campos Eletromagnéticos de Baixa Freqüência nos Biosubstratos
http://www.unirevista.unisinos.br/_pdf/UNIrev_DewesMendez.PDFVívian Munari Dewes e Nestor Raul Minhuey Mendez
BUENO, M. 1995. O Grande Livro da Casa Saudável. São Paulo, Roca.
DEOUX, P.; DEOUX, S. 2000. Ecologia é a saúde: o impacto da deterioração do ambiente na saúde. Lisboa,
Instituto Piaget.
Federal-Provincial-Territorial Radiation Protection Committee. 2005b. Position Statement for the General
Public on the Health Effects of Power- Frequency (60 Hz) Electric and Magnetic Fields. Canadá.
Disponível em: http://www.bccdc.org/downoads/pdf/rps/reports/ELF%20position%20statement%20
E-050120.pdf, acesso em: 29/04/2005.
FILHO, A. M. O elétron emissor da radiação eletromagnética. Disponível em: http://www.ecientificocultural.
com/eletron2/emissor08.htm, acesso em 15/08/2004.
Organização Mundial da Saúde - OMS. Campos eletromagnéticos. Disponível em:
http://translate.google.com/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://www.who.int/em/&prev=/search%
3Fq%3Dwww.who.int%26hl%3Dpt-BR%26lr%3D, acesso em 02/08/2004. Página traduzida de:
www.who.int/en/
SUSAK, I. P., et al. 2005. Primary Mechanisms of the Biological Effect of Electromagnetic Fields. Biofizika,
Mar – Apr, 50(2):367-370.
http://www.orandopelaterra.org/vibracoes.moleculas.de.agua.htm