Obras

Autora dos livros:

* Anunnakis, os Deuses Astronautas - Editora Madras
* A Conspiração Anunnaki - Editora De Geneve
* Ouro de Ofir - Alquimia do Antigo Egito - Editora De Geneve
* Efeito Exillis - O Segredo das Sociedades Secretas
* Mito - Livro de Poesias
* Operação Rhesus - Em busca do Elo Perdido ( Recém lançado. Maio 17)
* 2162 - O Código Secreto de Hitler

À VENDA NAS LIVRARIAS SARAIVA, AMAZON.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

A TECNOLOGIA NAZISTA NA DÉCADA DE TRINTA E QUARENTA


O assunto requer reflexão, não palavras. As fotos confirmam que a Tecnologia Nazista utilizada na década de trinta e quarenta É COISA DE OUTRO MUNDO. Ou seja, foi desenvolvida por uma tecnologia não humana pela qual os Nazistas, de algum forma, tiveram acesso.



Os Nazistas desenvolveram nos anos de trinta e quarenta as energias alternativas por meios de gaseificação de carvão, combustíveis de álcool de cereais. Eles também desenvolveram sistemas avançados de turbinas de oxigênio líquido e de reação total, AIP (Air Independent Propulsion), motores e mesmo EMG (Electro-Magnetic-gravitacional. Obtendo sucesso em suas pesquisas, eles conseguiram desenvolver em 1939 um eletro-magnético-gravitacional. Consiste em um tipo de motor revolucionário que melhorou a máquina de energia Hans em um Konverter - energia acoplada a um Graaf, com banda gerador de Van e dínamo vórtice Marconi (um tanque esférico de mercúrio). A finalidade era criar poderosos rotativos campos eletromagnéticos que afeta a gravidade, reduzindo a massa. Foi designado o Triebwerk Thule (Thrustwork, a.ka. taquiador 7-drive) para ser instalado em um disco concebido Thule. Segundo textos da Mesopotâmia, essa tecnologia foi utilizada pelas civilizações antigas na Pirâmide de Guizé e copiado pelos Nazistas.



A Ordem Vril defendia que era possível estabelecer um canal de comunicação com os seres de Aldebaran através de métodos pouco ortodoxos: ocultismo e esoterismo.E dessa forma, eles foram beneficiados com uma ciência evoluída de embasbacar. Porém, por algum motivo, não foi permitido que o homem tivesse acesso a essa evolução. Quem e porque foi impedido que a humanidade se beneficiasse dessa tecnologia? Já se passaram seis décadas e a tecnologia-público encontra-se engatinhando em algo que nem de longe se parece com a tecnologia utilizada na Primeira e Segunda Guerra Mundial. Eu gostaria muito de saber qual é o motivo da tecnologia público estar tão aquém da tecnologia utilizada de 1930 a 1945. E a dúvida que não quer calar: Quem está tentando ESTAGNAR a evolução do homem?



As aeronaves que utilizavam a tecnologia stealth serviam para interferir na detecção de radares. Essa tecnologia foi desenvolvida na Alemanha durante a segunda Guerra Mundial e pelos Estados Unidos da América a partir do ano de 1981.

O sino Die Glocke foi uma arma secreta Nazista construída em 1944, que foi criada para capacitar a “Viagem no Tempo” no III Reich, na Alemanha. Em formato de um sino, essa arma media 9 metros de largura e 12 metros de altura funcionando através de dois cilindros rotatórios enchidos com uma substância líquida metálica, altamente radioativa, parecida com o mercúrio, o Xerum 525. Essa arma fazia uso do eletromagnetismo através de uma tecnologia de energia do ponto zero e antigravidade. Tornando-se uma máquina de locomoção perpetual, capaz de fazer viagem no tempo e manipulação de dimensões múltiplas. Tratava-se de um Stargate já desenvolvido no ano de 1944? O projeto do Sino foi coordenado pelo nazista Jakob Sporrenberg, testado nas Ilhas Tcheca, na Mina de Venceslau. Foi utilizado por Maria Orsitsch, chefe da Sociedade Alemã da Metafísica – Gesellschaft für Alldeutsche Metaphysik em suas experiências bem sucedidas com a dimensão espaço-tempo.



Segundo especulações, esse sino foi utilizado para que Maria Orsic e alguns Nazistas desaparecessem da história, sem deixar ossadas ou qualquer rastro. Vocês acreditam mesmo que Adolph Hitler e Eva Braun suicidaram no dia 30 de abril de 1945? Eu não acredito! A abertura de 1992 dos registos mantidos pela KGB, o serviço secreto da União Soviética, confirmaram a versão amplamente aceita da morte de Hitler. No entanto, os arquivos russos não explicam o que teria acorrido com o cadáver do Fürhrer e de sua esposa, Eva Braun. Hitler, Eva Braun, Maria Orsic utilizaram o Die Glockie? Por que a história prefere subestimar a inteligência de Hitler a fim de que pareça que ele morreu para a felicidade e a satisfação da humanidade? A história está exaurida de desfechos hipócritas e inventados para que a humanidade cale a boca. Chega de manipulação na história, na ciência, na religião!
Um monte de histórias mentirosas e o pior é que todo mundo acredita! Vamos rever os fatos, raciocinar e tecer nossas próprias conclusões? Já chega de manipulação!




Pois é...Ironicamente falando: meu último vôo foi em novembro de 2011 e foi em um jato que em comparação a esse parecia uma "fumbica velha de lata", ouvi o barulho das turbinas durante todo o vôo e a turbulência me deixou com mal estar durante dois dias. Eu também quero voar em uma tecnologia Stealth!


Desde 1935, testavam naves com energia Vril no noroeste da Alemanha, em um lugar que ficou conhecido como Hauneburg. Em 1939, o nome da nave Vril foi encurtada para Haunebu, abreviadamente designado RFZ-5, juntamente se referindo a todas as máquinas do Vril. Essas máquinas evoluíram muito, elas possuíam 25 metros de diâmetro e poderiam alcançar a velocidade inicial de 4.800 km / h, em baixa altitude. Suas armaduras para resistir ao impacto da velocidade eram feitos por um material denominado Victalen. O Haunebu I voou pela primeira vez em 1930 e foram realizados 52 vôos testes com ele. Os primeiros modelos foram os gêmeos de 60 milímetros KraftStrahlKanone (KSK).



Vocês acham mesmo que essas aeronaves são compatíveis com as aeronaves que nossa tecnologia utiliza nos dias atuais?
O desenvolvimento tecnológico de 1939 está imensuravelmente mais evoluído do que a tecnologia utilizada hoje.
Qual é a sua explicação para isso? Analisando as aeronaves utilizadas em pleno século XXI diante das aeronaves utilizadas pelos Nazistas na década de trinta e quarenta, não é cômico pensar que a Tecnologia Público atual está miseravelmente aquém da tecnologia utilizada pelos Nazistas naquela época. O fato dessa tecnologia naõ ter sido aproveitada para o bem da humanidade é uma das grandes provas que houve um pacto miserável alienígena-Nazista de que esses segredos JAMAIS poderiam ser vazados para o bem e para o progresso da ciência público.

Entretanto, ha´questões sem respostas. Por que a Alemanha demarcou cerca de 600.000km/h de território na Antártida, batizado como a área de NEU-SCHABENLAND de posse alemã, onde instalou uma base de operações e para onde levou após a Segunda Guerra todas as suas aeronaves, navios e submarinos?

A partir da década de trinta houve uma intensa movimentação alemã nos arquipélagos de Canárias e Cabo Verde, arquipélados estratégicos em termos de escala para a Antártida, onde os alemães instalaram uma base aérea. Que mistério há na Antártida que os alemães sempre migraram para lá? Na figura abaixo, vários submarinos alemães atracados em Açores (foto ao lado real – submarinos U-Boat alemão.



A suspeita pela base alemã no subterrâneo da Antártida gerou muita especulação e com a finalidade de destruir a base, Richard Evelyn Byrd, junto do contra-almirante George Dufek, no final de 1946, foram responsáveis pela preparação e comando de uma operação gigantesca para a destruição da colônia alemã de Neu-Schabenland, nomeada de “OPERATION HIGHJUMP, que foi um fracasso, por não encontrarem a saída de acesso ao NeuSchabenland.. A última operação definitiva que se tem notícia foi em 1956.
Várias declarações sugerem o avistamento de vários objetos voadores inusitados com forma de charuto e disco.

O uso da tecnologia de ponta em armas e aeronaves não foi o único potencial utilizado pelos Nazistas. Em busca da raça perfeita Nórdica foi criado em 1935 o Instituto de Biologia Hereditária e de Higiene Racial da Universidade de Frankfurt. Esse consistiu em uma organização Nazista que buscava a raça perfeita Nórdica através da Eugenia, culminando com o Holocausto.

A Eugenia é a ciência que cuida do melhoramento ou empobrecimento das qualidades raciais de futuras gerações através do melhoramento genético.
A eugenia via os gêmeos univitelinos com interesse, pois a similaridade de código genético os indicava como cobaias ideais na busca da melhoria genética dos homens. Para o Nazismo, os gêmeos Univitelinos foram considerados assunto de importância capital para o estado, impondo a obrigatoriedade de registro e para acompanhamento médico para testes genéticos. Eles faziam experiências para que as mães alemãs procriassem gêmeos. Outras experiências de semelhante teor tecnológico foram feitas para o desenvolvimento de clones a partir de células retiradas de Adolf Hitler. Segundo algumas fontes, consegui encontrar que os clones tinham vida curta, por isso não foram coroados de êxito. Porém, esses eram utilizados para substituir Hitler em compromissos a fim de que o Führer fosse poupado de riscos de vida.

Acha pouco provável que Hitler utilizava de clones para comparecer a eventos sociais, políticos e outros? Afinal, quem morreu no lugar de Adolph Hitler quando foi detonada a bomba no Caso Valquíria?
Todos militares tinham a certeza absoluta que Hitler estava morto, porém, de forma miraculosa, ele estava vivo e quem havia sido morto em seu lugar era um sósia. Sósia ou clone?

Mais detalhes sobre essa postagem encontra-se em meu livro a ser lançado em 2012 pela Editora Madras: Anunnakis, os deuses astronautas. Abraços para todos!
Annabel Sampaio

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

As Stanzas de Dzyan e o Nazismo


Madame Blavatsky.

Hoje vim falar um pouco sobre a história das Antigas tradições e os Nazistas.
Se eu conseguir (como me custa fazer abordagens rápidas...Eu ainda chego lá!) farei uma abordagem curta e resumida. Porém, é importante começar com esse tema. O tema que as Ordens perigosas querem calar a qualquer custo.
Calma! Eu não estou contando nada! Apenas estou explicando como Adolf Hitler foi iniciado no ocultismo e qual a influência disso nos dissabores do Nazismo.

A verdade mais dura é que: quem sabe da Sabedoria das Antigas Tradições não quer que a humanidade venha a saber desses segredos.
Esses assuntos sempre serão atuais. SEMPRE. São segredos conhecidos desde primórdios por um seleto grupo de "Escolhidos por Deus" como a Tribo de Levi, Rei David e seu filho Rei Salomão, que por sua vez, se ajuntou com Hiram Abiff ( O pai da Maçonaria). Numa seqüência não exata: Cavaleiros Templários, Seita Nazoreana, os apóstolos, os Cátaros, os Cavaleiros da Távola Redonda, as Ordens ligadas ao Nazismo e outras.



Então, veio a perseguição da Santa Inquisição para calar a boca de quem sabia desses segredos. Vieram as Cruzadas para apreender os objetos sagrados, a queima de Bibliotecas inteiras como a de Alexandria e tantas barbáries em nome da fé e da lei religiosa. Eles conseguiram sim queimar livros considerados malditos. Então, veio Helena Blavatsky, a fundadora da Sociedade Teosófica que encontrou no Tibete um livro em Sanscrito Arcaíco, uma fonte de ricos conhecimentos como os livros Stanzas de Dzyan.

E o que aconteceu com os Segredos dos Iniciados? Foram divulgados em parte. Foram sabotados!

O tema da sabotagem contra o conhecimento desses Segredos da Antiga Tradição já foi abordado por autores como Lovecraft, Max Rohmer, Edgard Wallace e Coleridge, Jacques Bergier. Alguns livros que continham os Segredos das Antigas Tradições foram o Livro de Toth, Os Segredos de Trithemius, Os Manuscritos de John Dee, O Manuscrito de Woynitch, O Manuscrito de Mathers, O Livro que Faz Enlouquecer: Excalibur, Os Manuscritos do Professor Fillipow, e as Stanzas de Dzyan.

Segundo Jacques Bergier, em 1885, o escritor Saint Yves D'Alveydre recebeu ordem sob pena de morte de destruir o seu livro mais recente: Mission del'lnde en Europe et Mission de l'Europe en Asie. La Question des Mahatmas et sa Solution. Ele obedeceu à ordem. Somente um exemplar, que por razões desconhecidas escapou à destruição e chegou mais tarde às mãos do editor Dorbon, que o publicou numa edição pequena no ano de 1909.

Quando os alemães invadiram a França em 1940 e ocuparam Paris, eles confiscaram todos os exemplares daquela edição e os destruiu. Em 1933 os nazistas queimaram na Alemanha todos os exemplares do livro Die Rosenkreuzer, Zur Geschichte Einer Reformation. O livro foi reeditado em 1970, mas não sabemos se ficou igual ao original.

É aqui que quero chegar com o meu assunto sobre o Nazismo. (Ufa!)O ocultismo do Nazismo foi fortemente influenciado pelos ensinamentos de Madame Blavatsky e, consequentemente, com as Stanzas de Dzyan. As Stanzas de Dzyan foi um livro encontrado em sânscrito, no Tibete. Esse livro continha segredos de povos de outros planetas que já viviam em um estado avançado de consciência em relação ao homem. Uma das explicações da obsessão Nazista por uma raça pura.



Os livros de Madame Blavatsky como A Doutrina Secreta aborda o livro das Stanzas de Dzyan que vai além do ocultismo, pois relatam também conhecimentos de cunho científico extraordinariamente complexos como a Energia Nuclear e outras tecnologias avançadas. Algumas dessas tecnologias narradas pelos sânscritos arcaicos nunca chegaram ao conhecimento dos cientistas contemporâneos. Porém, lembramos que, as Armas Nazistas utilizadas na Primeira e Segunda Guerra Mundial eram complexas e fabricadas de acordo com uma Tecnologia de Ponta de embasbacar. ( vejam algumas delas em postagens antigas desse blog). Tecnologia com o uso da antimatéria, antigravidade, etc.

Após a invasão de Berlim pelo Exército Vermelho, "cérebros Nazistas brilhantes e bem orientados por uma sabedoria extra-humana" foram utilizados por outras nações como os Estados Unidos da América. Um exemplo foi o cientista Nazista que desenvolveu a nave Columbia, a primeira que chegou à Lua e que foi desenvolvida pelo alemão Wernher Von Braun.
Hermann Oberth e Wernher von Braun mais tarde tornaram-se personalidades importantes e decisivas no campo do transporte espacial norte-americano. Eles que, em 1942 conseguiram com sucesso criar o primeiro foguete balístico, o A4 (mais conhecido por V-2) que no teste registou com sucesso a trajectória pré-definida e alcançou o destino a 193 quilómetros. O programa espacial norte-americano começou com Von Braun e a sua equipe alemã,só que no Texas, onde seria lançado o primeiro V-2 em solo norte-americano e proporcionado a nave Columbia condições para o homem pisar na Lua.

Eu penso que, os avanços científicos Nazistas foram responsáveis pelo avanço tecnológico mundial. Portanto, cada avanço científico mundial trazido do passado foi manchado pelas gotas insólitas de sangue de uma vítima Nazista. Todavia, não há como negar, o Nazismo drenou muitos conhecimentos científicos ao mundo.

Em breve, mais postagens sobre o Ocultismo do Nazismo e sobre o Ouro Monoatômico. Você o conhece? Pasmem em saber sobre a nova fonte da juventude. Beijos de paz para todos. Annabel Sampaio.

Referências:
http://www.imagick.org.br/zbolemail/Bo07x12/BE12x03.html
A Doutrina Secreta e outros.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

PROTOCOLOS DOS SÁBIOS DE SIÃO


Há dois meses recebi um convite para lançar um livro na Bienal 2012, em Paris (França). "Metida a fazer algo inovador" (credo, não entendo porque eu vivo exigindo tanto de mim), eu decidi escrever um novo romance: "Missão Birkenau", sobre a Chancelaria Nazista e sobre a Schutzstaffel (Acreditem: minha personagem se apaixona por Mengele...não é louco isso?).
Entretanto, "Manteiga derretida que sou" eu me prosto em beijinhos de desculpas na alma de meus seguidores, pois foi esse o motivo por eu ter me ausentado por tanto tempo desse blog.

Bem ao "pé do ouvido", eu confesso: ao escrever esse novo romance eu me contorci em dores de parto. Chorei, sofri e fiquei doente, de cama por quase sete dias. ( É a tal estória que os escritor realmente incorpora o romance - por isso deveria ganhar "rios de dinheiro", hahaha). Mesmo relutante e sofrendo como se estivesse presenciando o Holocausto, eu fiz minha personagem se enveredar pelo ano de 1944, no Campo de Concentração de Auschwitz (Complexo de alojamentos), fazendo com que ela fizesse parte da equipe do médico Joseph Mengele, cooperando em várias experiências horrendas com seres humanos, principalmente, crianças judias.



Durante esse "meu tempo de casulo", eu precisei fazer pesquisas sobre o Nazismo, suas origens, seus mistérios e seus fundamentos. A personagem precisou olhar profundamente nos olhos do Führer, precisou analisar seus cacoetes e seu inexplicável controle sobre a massa populacional. Precisou também saber de segredos da Gestapo e analisar os fatos do Nazismo em vários prismas, principalmente o místico. Nessa visão mais ampliada, eu me defrontei com dados pelos quais eu não havia refletido antes e também me defrontei com dados que eu desconhecia totalmente.

Todos esses dados nos dão margem para refletir sobre o Nazismo e tentar entender um pouco desse pesadelo vivido no Holocausto. Não que algo possa justificá-lo, mas para que não sejamos tão desinformados em afirmar que Hitler era apenas um Psicopata ou ficarmos às margens de uma opinião formada sobre o assunto.

A verdade é que, mesmo inescrupuloso e criminoso, Hitler tinha argumentos "intelectuais" para justificar todas as tomadas de atitudes no Terceiro Reich. Ele possuía ambições globais apoiadas em uma lógica e o que é mais assustador: suas crenças fanáticas possuíam fundamentos que o mundo nem sequer desconfia.
É verdade que as razões que levaram Hitler a tomar certas atitudes não justificam os crimes, porém, elas são explicadas. Todavia, ele e os milhares de membros ligados a Gestapo, SS e outros órgãos Nazistas se fundamentavam em questões pelas quais a humanidade não está preparada para saber, mesmo se passando seis décadas. Só na SS, com Himmler, em 1939 já contavam 52 mil membros. É pouco provável que todos eles fossem "doidos varridos", concordam? Eu sei que existem loucos no mundo, mas tantos reunidos em uma só organização é demais! O que convenceu esse pessoal a aderir a SS?

Tentando não me estender tanto( eu nunca consegui escrever pouco...rsrs Êta Mulher pra tagarelar!), vou dar uma ligeira pincelada em assuntos que me chamaram atenção. Todavia, outro dia volto a "conversar mais um pouco" sobre o assunto Nazismo e os Protocolos de Sião, ok?

Bem...Começarei a falar sobre Maria Orsic ou Orschitsch, uma médiun que se tornou líder do Vril Gesellschaft. Essa mulher foi uma ativista do Movimento Nacional Alemão, cujo maior objetivo era anexar a Áustria ao Reich Alemão. Essa mulher era uma das orientadoras de Adolf Hitler.

Maria Orsic alegou ter recebido mediúnica-místicamente transmissões em Templário script secreto - uma língua semelhante ao Antigo Summerian, a língua da Antiga Babilônia. Essas orientações dos scripts passados mediunicamente para Maria Orsic continham dados técnicos necessários para a construção de máquinas movidas à Energia Vril, além de outras tecnologias vindas das estrelas.

Documentos do Vril mencionam que estas mensagens telepáticas tiveram sua origem em Aldebaran, um sistema solar, 68 anos-luz de distância na constelação Taurus, enviadas por uma raça humanóide denominada Sumi. Todas essas orientações fundamentaram a Sociedade Thule que foi integrada em 1924 por Rudolf Hess, Maria Orsic, Hugo Winckler, Peter Jensen, Friedrich Delitzsch e outros.
Hitler sempre foi amparado pelas previsões de Maria Orsic e se tornou afoito pelo ocultismo revelado pelos Antigos Mistérios. Por isso, ele enviou várias expedições ao Tibete e ao Castelo de Montsegur, na França em busca de objetos sagrados. Existem evidências que Hitler tenha enviado ao Brasil algumas expedições para a Amazônia.
(O que será que tem na Amazônia, hein? Uma passagem secreta para o reino subterrâneo?) Existem bibliografias que narram a existência de tribos indígenas com estereótipos alemães – loiros de olhos claros.



Os mesmos ensinamentos misteriosos recebidos mediunicamente por Maria Orsic foram adotados em passado bem longínquo pelos Cavaleiros Templários e pelos membros do Priorado de Sião. Esses ensinamentos existentes desde a época do Rei Salomão veio a se formar uma elite cultural formada pelos INICIADOS, que adotaram os ensinamentos sobre os Antigos Mistérios, propagando de geração em geração. Será que Adolf Hitler era um iniciado nesses mistérios?

Os aspectos políticos desses mistérios são declarados em um documento intitulado PROTOCOLOS DOS SÁBIOS DE SIÃO. Esse documento fala sobre uma conspiração política que pretende dominar o mundo ( Nova Ordem Mundial?). E foi apoiado em uma base antissemita, que Hitler usou esse Protocolo para justificar a necessidade do extermínio de judeus, alegando que o mundo seria dominado pelos judeus. "Um rei da linhagem sanguínea de Sião, da raiz dinástica de Davi seria o dominador do mundo".

A utilização dos Protocolos por Hitler pode ser vista nesta tradução do Mein Kampf (1925-1926), capítulo XI, Nação e Raça:
… até que ponto toda a existência desse povo é baseada em uma mentira continuada incomparavelmente exposta nos Protocolos dos Sábios de Sião, tão infinitamente odiado pelos judeus. Eles são baseados num documento forjado, como clama o jornal Frankfurter Zeitung toda semana: é a melhor prova de que eles são autênticos. O que muitos judeus fazem inconscientemente, aqui é exposto de forma consciente. E é isso o que importa. É completamente indiferente de qual cérebro judeu essa revelação se originou; o importante é que, com uma certeza positiva e terrível, eles revelam a natureza do povo judeu e expõem seus contextos internos bem como seus objetivos finais. Todavia, a melhor crítica aplicada a eles é a realidade. Qualquer um que examine o desenvolvimento histórico dos últimos 100 anos, do ponto de vista deste livro, vai entender de uma vez os gritos da imprensa judaica. Agora que este livro se tornou uma propriedade do povo, a ameaça judaica é considerada como interrompida (pgs 307-308)"

Outra evidência sobre os Protocolos dos Sábios de Sião está no Manuscrito Copiale Cipher que parece saído de um Reino mágico. Esses manuscritos com 105 páginas verdes e douradas escritas à mão, contém 75.000 caracteres, entre letras romanas, gregas e símbolos desconhecidos. Esses Manuscritos foram encontrados em uma biblioteca da antiga Alemanha Oriental, depois da queda do muro de Berlim. Tudo indica que ele foi escrito entre 1760 e 1780. Mesmo eles não terem sido ainda totalmente decifrados, eles revelam questões místicas do Nazismo, mistérios ainda desconhecidos pela humanidade.

O fato é que alguma assustadora verdade está sendo ocultada e algo sobre a Inquisição judeu-sionista não demora muito para "surgir bombasticamente". Essa revelação supreenderá o mundo. Afinal, ainda existe o obscurantismo sobre os reais motivos que provocaram o Holocausto ( um mito?). Fatos gritantes que o Tribunal de Nuremberg não foi capaz de calar nas tumbas que ainda sangram pelos horrores Nazistas.

Continua na próxima postagem...