Obras

Autora dos livros:

* Anunnakis, os Deuses Astronautas - Editora Madras
* A Conspiração Anunnaki - Editora De Geneve
* Ouro de Ofir - Alquimia do Antigo Egito - Editora De Geneve
* Efeito Exillis - O Segredo das Sociedades Secretas
* Mito - Livro de Poesias
* Operação Rhesus - Em busca do Elo Perdido ( Recém lançado. Maio 17)
* 2162 - O Código Secreto de Hitler (novel - LANÇAMENTO EM JUNHO 17)

sábado, 27 de fevereiro de 2010

EFEITO EXILLIS - O Efeito da Energia Vrill


“A humanidade está para renascer... É necessário escutar a voz primitiva da humanidade, que em breve se consagra ao movimento eterno, são os portadores da tocha, os pioneiros da nova humanidade. Vivemos o momento decisivo na história do mundo, a charneira dos tempos... haverá uma subversão do planeta que só nós, os iniciados, podemos entender em sua amplidão. Adquirir uma visão mágica é a finalidade da evolução humana...” Adolf Hitler (p.207, Edição Hachette, Buenos Aires, junho de 1940).”
Existe uma estranha força que é a sustentadora da energia vital do universo. Consiste em um tipo de energia diferenciada, ainda desconhecida pela maior parte da humanidade, que será em breve a alavanca para o avanço tecnológico da humanidade.
Trata-se da Energia Vrill, a energia original do universo, cultuada através dos antigos segredos místicos e científicos dos sacerdotes da lendária Atlântida. A Energia mais poderosa do meio ocultista do século XIX. A essência pura que possui um poder extraordinário que superará todas as outras conhecidas energias, o quinto elemento presente em todos os compostos.
O termo "Quinta Essência" foi primeiramente elaborado pelo filósofo Aristóteles, que dizia que o universo era composto de quatro elementos principais e mais essa substância etérea que interpenetra em todos os compostos, impedindo os corpos celestes de caírem sobre a Terra. Isaac Newton também defendeu a existência da "quintessência" em suas teorias e discussões sobre os conceitos de matéria e energia. Em 1998, três astrofísicos da Universidade da Pensilvânia mencionaram o termo Quinta Essência para designar um campo dinâmico quântico que é gravitacionalmente repulsivo, confirmando a existência do quinto elemento através da Física Quântica.
Porém, se nos debruçarmos nos fatos históricos concluiremos que a Energia Vrill fez parte do tesouro Nazista, intitulada a sabedoria da lendária Atlântida pelo terceiro Reich.
Thule, Atlântida, Catástrofes e Mundos Perdidos.
Tragédia Medéa – Escrita pelo autor romano Sêneca:
“Tempo virá, no decurso dos séculos, em que o Oceano dilatará sua cintura - com que envolve a Terra para mostrar ao homem uma região imensa e incógnita. O Mar revelará, então, novos mundos e Thule deixará de ser o limite do Universo.”
De fato, é a mesma Energia que divinizou a raça germânica e que eles alegavam que ela era uma poderosa fonte energética com o que se podiam operar milagres. Segundo eles, essa sabedoria foi passada pelos sobreviventes do Dilúvio, dez mil anos a.C. Os últimos sábios conhecidos como a “Raça Eleita”, que teriam transmitido a mentalidade superior à raça germânica.
Presumivelmente, o nazismo previa o desenvolvimento de um mundo alternativo dotado de forte tecnologia, desses citados em ficção-científica.

Blefe do Nazismo?
Ora, não creio que uma nação que construiu essas secretas e potentes armas Nazistas da Segunda Guerra que descrevo aqui:
# os“Foo Fighters” (Avião de Caça) que eram esferas luminosas que surgiam inesperadamente e causavam falhas nos radares de bordo dos aviões inimigos.
# Projeto Andrômeda: nave de grande porte projetada para viagens estelares que tem capacidade de transporte de mais de cem toneladas.
# H Aunebu III RFZ7t = Vrill 1,
# Canhões de raios de força Kraftstrahl Kanone movido a Vrill.
E dezenas de sistemas dotados de força-motriz para mecanismo mental, manipulação do clima da Terra, dentre outros.
Quem criou todas essas potentes armas não poderia estar blefando!Muito menos se entregaram a um iludível passado mítico. O que sempre houve foi uma cegueira vexatória por parte da humanidade em jamais interrogar onde essas nações encontraram condições científicas de criar projetos tão engenhosos e inexplicáveis!!!!!!!
Garanto que nossos antepassados não eram tão cegos e "manipulados" quanto as nossas gerações, que possuem todas as condições de recursos para pesquisar. Parece que há uma "cegueira" tomando conta da grande parte da humanidade.

Quero abrir um parêntese aqui para parabenizar muitos rapazes de certa faixa etária(15 a 33 anos) que têm me procurado para troca de informações interessantíssimas.São rapazes à frente de nosso tempo, que lêem muito, são antenados e se interessam por esses fatos. Isso me incentiva muito! Pois se trata de raros "sopros intelectíveis" diante de uma massa populacional masculina desinformada, alienada sobre fatos importantes, que muitas vezes perdem tempo em enviar e-mail ou depoimentos para debulhar "cantadinhas sem a menor criatividade", como se eu estivesse aqui disponível para relacionamentos ou para ouvir tanta "babaquice". É desanimador e frustrante ver homens que sabotam sua inteligência em troca de aflorar sua Testosterona, esquecendo que, a inteligência é afrodisíaca...

Voltando ao assunto...rsrs Atualmente existe uma crise mística e sobrenatural ironizando e ridicularizando um assunto que era para ser tratado com mais seriedade.
Infelizmente, a Energia Vrill tem constituído um amalgama da história do que mesmo uma pesquisa científica séria, sendo considerado mero absurdo místico e sobrenatural (Era do Absurdo, Nova Época Editorial, SP), carente de uma explosão revolucionária que, com certeza, coroará o desenvolvimento mental e dimensional do ser humano.
Em paralelo a essa displicência da humanidade, cada vez mais se formam as Sociedades Secretas, muitas vezes dedicadas ao estudo do passado germânico sobre o obscurantismo místico do Nazismo, encerrando o mesmo Segredo, o Segredo do Efeito Exillis. Cito isso como ênfase a um pequeno sinal de alerta.
É certo que a humanidade tem o direito de ter acesso a esse tipo de Energia ainda desconhecida no âmbito “Tecnológico-público”. A negligência na divulgação por parte dos conhecedores da mesma e o desinteresse geral pela ciência nos coloca em desvantagem em 40 anos retrógrados em relação aos países que utilizam essa Energia em prol de seu progresso silencioso e devastador, incluindo a manipulação do clima da Terra e mesmo influência da mente humana, além de utilizá-la para a fabricação de armas e sistemas altamente sofisticados.
Entre os países que manipulam a Energia Vrill não existe o paradoxo. Nem tão pouco existe entre as atuais potências mundiais e a antiga Mesopotâmia. O que de fato existe é a “cegueira” terrivelmente manipulável do povo, a de se deixar permanecer alheia aos conhecimentos que poderiam nos colocar em direito de igualdade ao acesso a uma tecnologia accessível que beneficiaria o homem em seu bem estar físico, mental e espiritual.

Assunto abordado no livro Efeito Exillis, O Segredo das Sociedades Secretas, Editora Eskalab. Autora: Anabel Sampaio. À venda no site www.bandbook.com.br.

6 comentários:

Anônimo disse...

Muito interessante o texto. Vejo que não estou sozinho. Eu tenho estudado esta energia, meus estudos ainda estão numa fase embrionária. Meu objetivo visa a cura do indivíduo como um todo. Sei que é perigoso divulgar estes estudos. Infelizmente ainda não vivemos uma democracia plena. Acredito que deve existir algumas pessoas de bom caráter estudando esta energia e acredito que por medo não divulgam os seus resultados. Sim,a energia existe e quando você toma "banho" dessas radiações, a sua pele fica com um tom róseo, fica brilhante como se estivesse envernizada ,fica mais elástica. Você sente que a mente fica mais antenada, sente-se mais calmo e mais disposto. A sensação dela é como se você estivesse tomando banho de sol, mas sem a agressão dos raios solares. No momento me manterei em anônimo. A única coisa que posso dizer é que moro em Recife. ;)
Estou feliz em saber que tem alguém que estuda esta modalidade de Energia Vital. :)

jin jinvuz disse...

realmente interessante eu treino essa
energia que tbm e chamada de energia chi ou ki so que n sabia que a energia vrill era essa energia e que ele pode ser usada como algo tecnologico agr que eu descobri isso vou pesquisar mas sobre o tema
a e a respeito do comentario anterior
eu tenho conheçimento de um tipo de terapia que se chama reiki que pode
ajudar muitas pessoas com a energia vrll e se quiser pode mi add no msn pra estudar mas sobre esse meio de cura de energia vrill o meu email e jededi@hotmail.com me adiçione eu adoraria ver seus estudos sobre o tema ;)

Almaluz disse...

Parabéns por essa jóia de informação, tanto para Annabel como o anonimo de recife.Experimentei esta energía num mundo subterrâneo e de lá para cá, ainda não encontrei o rumo certo . A verdade que sinto grande vontade de ajudar pessoas, quando vibro essa frequencia. Faço o maná alquimico,consigo detectar as malhas axiatonais, mas na verdade sinto-me só nesta jornada e quando lí esta materia avivei o desejo de alcançar a meta a LUZ!!!!almaluzms@yahoo.com.br

omar costa disse...

Interessante, Mas o vrill seria o espaço espiritual que mantem a matéria fixa ou seria alguma forma de combustível para tais maquinas? ou ainda uma tecnologia nova? e os povos que vivem de baixo da terra que se diz que protegem o vrill? são as perguntas que me movem e fascina minha alma o vrill é um misterio muito interessante pra mim forte abraço

marcelo disse...

Maria Orsic, não estava interessada nos planos maquiavélicos, de Hitler, mas sendo medium, e provavelmente tendo contatos muito antes de hitler sonhar com isso, o que ela queria mesmo era fabricar o VRill 1, e para isso dependia de verba, verba do 3º Reich, HItler absorveu a idéia, e fez exatamente o que ela queria, meu interese na energia VRILL é saber e dar continuidade ao projeto de minha infância, fazer uma maquina que viaje pelo tempo/espaço.Parece que isso ela conseguiu, pois sumiu.
Estaria o segredo da vaigem no tempo, na antartida? parece que sim, até hj, e hItler através dela descobriu isso.

Cicero Laurindo disse...

Agradecido por esta excelente matéria.