Obras

Autora dos livros:

* Anunnakis, os Deuses Astronautas - Editora Madras
* A Conspiração Anunnaki - Editora De Geneve
* Ouro de Ofir - Alquimia do Antigo Egito - Editora De Geneve
* Efeito Exillis - O Segredo das Sociedades Secretas
* Mito - Livro de Poesias
* Operação Rhesus - Em busca do Elo Perdido ( Recém lançado. Maio 17)
* 2162 - O Código Secreto de Hitler

À VENDA NAS LIVRARIAS SARAIVA, AMAZON.

sábado, 23 de janeiro de 2010

Área 51, a área ALTAMENTE SECRETA dos EUA.



Assistam esse video:
http://www.youtube.com/watch?v=7DiTciq-cDw&feature=player_embedded#

Área 51 é um dos nomes atribuídos à área militar restrita no deserto de Nevada, cerca de 170 km ao norte da capital mundial dos Cassinos, próxima a Base Aérea de Groom Lake, nos Estados Unidos da América.Estima-se que a base possua uma área de 9 mil hectares inseridos numa área equivalente ao tamanho da Suiça e faz parte do Complexo militar de Nellis Air Force Range. A Área 51 faz divisa com o Nevada Test Site (NTS), local de testes nucleares e com a Montanha Yucca, um depósito nuclear que fica aproximadamente há 64 quilômetros a sudoeste do Groom Lake.

É uma área tão secreta que o governo norte-americano só admitiu sua existência oficial em 1994, e ainda assim com muitas restrições. A unidade é enorme e tão secreta que não aparece em qualquer mapa civil ou militar que não seja destinado ao uso por autoridades de altíssimo escalão.

O perímetro de segurança da área cresceu muito nos últimos anos. Até 1984 era fácil observá-la de lugares mais altos, que ficam ao norte das instalações militares. Mas, devido às hordas de curiosos que lá se instalavam, a Força Aérea Norte-Americana (USAF) estendeu a área da vizinha Base Aérea de Nellis para cerca de 100 km de Dreamland, de forma a reforçar a segurança do local contra invasões. Entretanto, dois morros ao sul de Groom Lake ainda ofereciam uma visão razoável da base até 1995, quando as autoridades também suprimiram também este acesso. As localidades de White Sides Peaks e Freedom Ridge foram então anexadas ao complexo militar.

Considerado um “Sitio Extraterrestre” por unanimidade de acordo com cientistas, pesquisadores e ufólogos, devido às especulações e depoimentos de ex-funcionários da Base. De fato, a Área 51 consiste em uma das bases de testes aéreos mais sigilosas que existem, nos quais supõem um envolvimento do exército americano com seres extraterrestres.

As informações que narro aqui são testemunhos de membros que foram inseridos ao NRO, NSA, Força Aérea Americana e pessoal de divisão de Inteligência do Exército. Na maioria, funcionários já aposentados e desligados do Black Projects, que segundo eles, foram gastos 80 bilhões de dólares só nesse projeto.
Segundo informações confidenciais, a região mais secreta da Área 51 é a Base de testes do Lago Groom, onde ficam 9 hangares com ÓVNIS e naves recuperadas. Nessa região fica a área de Testes de Tonapa, onde existe um leito seco de rio, onde ficam as naves extraterrestres para serem testadas.
Até 1955, a Área 51 foi considerada uma área de treinamento da Marinha, mas a partir dessa data, juntamente com a CIA, foi transformada em uma Base Secreta para testar o U2.
De 1959 a 1961, foi o local onde foi testado o SR -71, tornando-se o lugar perfeito para testar equipamentos secretos, não só naves, mas equipamentos ultra-secretos.
No hangar onde fica o Lago Papoese foi construído um grande hangar laboratorial onde são guardados os destroços e corpos dos OVNIS dos incidentes do Caso Roswell, 1947, Novo México, como também do Incidente de AZTEC, Novo México, em 1948 e do incidente na fronteira mexicana em 1949. Todos os corpos, OVNIS e destroços das naves ficaram sob o controle da Comissão de Energia Atômica dos EUA.

A Área 51 tem sido protegida por um sofisticado esquema de segurança. Há placas espalhadas pela região não militar informando que intrusos podem ser detidos. Na verdade, pela extensão da lei de Segurança Nacional dos EUA, um curioso capturado nos arredores de Dreamland pode ficar detido sem qualquer explicação a dar ou receber por até 72 horas. Em determinadas circunstâncias, os militares têm a permissão para atirar para matar sem qualquer titubeio.

O espaço aéreo da Área 51 é considerado o mais inviolável dos EUA. Nenhuma aeronave tem permissão para sobrevoá-lo, nem mesmo de companhias aéreas regulares que atendem ao sul do Nevada e da Califórnia.
Em primórdios, a Área 51 serviu como base secreta de operações para a Lockheed Aircraft Corporation, no desenvolvimento de aviões de espionagem para a CIA. Todavia, foi usada também pela Comissão de Energia Atômica dos EUA para testes de bombas nucleares. A área é a sede de alguns dos projetos mais ousados dos EUA, projetos que utilizam tecnologia extraterrestre.
O complexo principal de Dreamland tem sua estrutura básica alojada no subterrâneo, com prédios que têm mais de 20 andares. Existem fotos retiradas pela TerraServer, além de fotos registradas por satélites que foram divulgadas livremente para a população.

O satélite da Sovinformsputnik revelou que existe uma pista de pouso maior do que algumas das mais gigantescas do mundo. Talvez a resposta esteja na construção de aviões invisíveis ao radar, como o Stealth e Aurora, desenvolvidos e testados no local. Entretanto, as imagens da TerraServer são bem complexas. Algumas fotos mostram como a área cresceu, inclusive detalhando a reconstrução e expansão do conjunto de prédios e alojamentos militares que lá existem.
A Área 51 é conhecida também como Dreamland (Terra da Fantasia) ou The Ranch ( A Fazenda), o local onde o governo norte-americano realiza testes nucleares e experiências com espaçonaves alienígenas capturadas desde 1947, por ocasião do Caso Roswell. Segundo informações confidenciais de ex-funcionários da Base, a Área 51 foi onde residiu o EBE, (Extraterrestral Biological Entity), o sobrevivente extraterrestre do Caso Roswell, que era um humanóide reptilóide, cujas funções biológicas dependiam do fornecimento da Clorofila. EBE foi cuidado por um botânico Dr. Guilhermino Mendoza. Entretanto, EBE veio a falecer no dia 18/6/1952, tendo 35 testemunhas da Força Aérea Americana e mais 92 outras testemunhas oculares.

Além disso, supõe que a Área 51 abriga outros seres alienígenas acidentados e capturados com o intuito de estabelecer um pacto de troca de informações de alta tecnologia com esses alienígenas. Na troca, os EUA fornece a estrutura laboratorial para experiências genéticas de hibridação humana por parte de seres procedentes de outras galáxias. Uma suposta Teoria Conspiratória ou a realidade que ninguém quer admitir? É certo que existe um rastro de inúmeros relatos da iminência da formação Secreta de um Novo Governo Mundial que dominará o mundo em breve. Esse governo Secreto não abrange apenas os EUA, mas governos dos países mais desenvolvidos e ricos do mundo. Essa organização governamental não seria a temida Nova Ordem Mundial que pretende dominar o mundo em breve? Se esse novo governo mundial for o mesmo que a Nova Ordem Mundial, isso indica que ficaremos sob o domínio de um governo de grandes potências mundiais em parceria com seres extraterrestres. Concordam? No comando da Besta mencionada em Apocalípse.
No cerne das teorias de David Vaughan Icke (escritor e orador britânico, que se dedicou, desde 1990, a pesquisar sobre "quem e o que está realmente controlando o mundo". Anteriormente, foi repórter, apresentador de programa de esportes e porta-voz do Partido Verde da Inglaterra e do País de Gales. Já publicou 20 livros que explicam suas idéias, pensamentos e visões. A teoria da conspiração básica é a de que o mundo é controlado por uma rede de sociedades secretas denominadas "Fraternidade", estando os "Illuminati" ou "Elite Global" no topo". Dessa forma, o mundo é comandado por um grupo secreto chamado "Elite Global" ou "Illuminati", o qual relacionou com Os Protocolos dos Sábios de Sião. Em 1999, publicou The Biggest Secret, no qual disse que os Illuminati são uma raça de humanóides reptilianos conhecida como a Fraternidade Babilônica, em que muitos elementos são reptilianos, incluindo George W. Bush, Rainha Elizabeth II, Kris Kristofferson e Boxcar Willie.
A Elite Global controla a Fraternidade e o mundo utilizando uma "pirâmide de manipulação", a qual consiste em um conjunto de estruturas hierárquicas envolvendo bancos, negócios, forças armadas, sistema educacional, mídia, religião, indústrias de medicamentos, agências de inteligência e o crime organizado. No ponto mais alto da pirâmide estão o que Icke chama de "Carcereiros", os quais não são humanos. Ele escreve que: "uma estrutura humana em forma de pirâmide foi criada sob a influência e projeto dos Carcereiros extraterrestres e seu mestre superior, a Consciência luciférica. Eles controlam o os seres humanos no topo da pirâmide, chamada de Elite Global".
De acordo com ex-agentes de serviços Internacionais de Inteligência que tiveram acesso à Área 51, as naves são mantidas em hangares e laboratórios subterrâneos, onde cientistas trabalham com seres alienígenas. a troca entre alienígenas e o governo de grandes potencias consiste em uma intensa troca de informações de tecnologia avançada, diante disso, os governos contribuem ou mesmo fazem vistas grossas a determinadas atividades desenvolvidas pelos “aliens” em nosso planeta, como por exemplo, abduções, manipulação temporal e genética, infiltração entre seres humanos, sem que contudo sejam reconhecidos e descobertos.

Segundo ufólogos dos EUA, quase uma dezena de discos voadores já foram resgatados nestas condições pelo governo e encaminhados à Área 51, onde foram recuperados e têm sido experimentalmente testados por pilotos de caça. Cientistas e pilotos que trabalharam nas naves, como Bob Lazar e John Lear (piloto de caça e , afirmam que o que existe na base é algo absolutamente surpreendente e vai além da nossa imaginação.

Dois documentários impressionantes reportam tal atividade, ambos exclusivos da Revista UFO. O primeiro é uma superprodução premiada internacionalmente do ufólogo alemão Michael Hesemann: Segredos que o Governo Oculta (VD-03). O vídeo, que é referência mundial no tema, mostra o depoimento de inúmeros cientistas e ex-oficiais norte-americanos que resolveram vir a público e contar o que sabem.
O documentário, com 2:15 h de duração também apresenta imagens inéditas que mostram onde e como esses UFOs são mantidos secretos. O segundo vídeo foi produzido pelo ufólogo e estigmatizado italiano Giorgio Bongiovanni, e é igualmente premiado em todo o mundo: Um Alienígena Vivo na Área 51 (VD-13). Mostra pela primeira vez o que seria um ser extraterrestre sendo mantido cativo na Área 51, filmado há alguns anos.

Segundo Bongiovanni, a criatura seria uma espécie de cientista alienígena que trabalharia junto com militares e cientistas terrestres, em operações secretas chamadas de black projects. Apesar de ufólogos de vários países estarem divididos no que diz respeito à autenticidade do material, alguns especialistas garantem que o ET apresentado no documentário é apenas um entre muitos que o governo dos EUA conserva sob cativeiro, como fontes de informação e tecnologia.

A Revista UFO chegou a lançar, nos anos 80, um vídeo com mais de 120 minutos de filmes de estranhos objetos voadores não identificados registrados nestas condições. Atualmente, o vídeo Segredos que o Governo Oculta é o documentário mais completo já produzido sobre a Área 51.
Jim Goodall - Escritor especializado em aeronáutica: Existem os aviões chamados de black programs ou black operations. “Existem pelo menos oito black programs voando pela Área 51”. Um deles o Caça Stealth que realiza manobras impressionantes de velocidade.

Robert Bob Lazar - Físico que trabalhou 5 meses na Base, em 1988: Na base, além de projetos militares avançados que usam tecnologia alienígena ativamente, discos voadores genuinamente extraterrestres também são objetos de estudo. As naves, resgatadas intactas ou em acidentes, são consertadas ou reconstruídas em Dreamland e depois submetidas à prova por pilotos de testes. “Quase todos os dias eu pegava o avião em McCarran e ia à ‘Fazenda’, onde trabalhava em tecnologia revolucionária alienígena.

John Lazar - Piloto de testes, filho do proprietário da fábrica de aviões a jato Learjet: o governo norte-americano está pesquisando nada menos que nove discos voadores na Área 51, e tenta adaptar sua tecnologia em projetos terrestres com o uso da chamada engenharia Reversa.
Por suas declarações, ele e sua mulher receberam várias ameaças de morte. Assim, evitando correr riscos, em novembro de 1989 decidiu aparecer em público e confirmou suas alegações. Disse que há um lugar secreto no interior da Área 51, conhecido como S-4, próximo ao lago seco Papoose, onde as naves alienígenas eram guardadas. Explicou que seu trabalho se dava justamente naquelas instalações, junto a uma equipe de 22 engenheiros contratados para estudar os sistemas de propulsão dos discos voadores.
Ainda segundo Lazar, o S-4 é um enorme complexo subterrâneo que ocupa toda a área de uma cordilheira de montanhas. No início, o físico pensou que estivesse trabalhando com uma tecnologia altamente sofisticada criada pelo homem. Mas quando entrou em um dos discos voadores lá alojados, convenceu-se de que se tratava de algo de outro mundo, porque tanto sua forma quanto suas dimensões confirmam sua origem não humana. “As naves que examinei não possuíam juntas aparentes, nenhuma solda, parafusos ou rebites”, disse Lazar. “As bordas de todos os elementos da espaçonave eram arredondadas e suaves, como se tivessem sido feitas com cera quente submetida a um rápido processo de resfriamento, havia arcos e delicadas cadeiras de somente 30 cm de altura no interior dos veículos espaciais. Sua unidade de propulsão era o que mais lhe intrigava: tinha o tamanho de uma bola de beisebol e irradiava um campo antigravitacional através de uma coluna oca, situada verticalmente no centro da nave”. Lazar teve teve acesso a um memorando que havia uma quantidade impressionante de informações sobre os UFOs, “inclusive fotografias de autópsias de pequenos seres cinzas com grandes cabeças calvas”, declarou à Revista UFO. “O governo estava escondendo da população fatos da maior gravidade, e tudo aquilo estava sendo feito em Groom Lake, mais precisamente em S-4”, desabafou.

Stanton Friedman - Físico canadense correspondente de UFO no Canadá e um dos maiores especialistas no assunto, garante que a área está sendo usada para o desenvolvimento de uma grande variedade de veículos secretos, “como o U-2, o SR-71. Friedman já esteve no local durante o programa Larry King Live, em outubro de 1994, e afirmou: “muitas das instalações da Área 51 são subterrâneas e estão dentro de montanhas. Por isso que os satélites espiões que passam sobre a região nada detectam de significante”.
a Área 51 é objeto constante de programas da forte e incisiva Imprensa daquele país. Até Larry King, da CNN, já fez entrevistas com estudiosos do problema, diretamente dos arredores da base e ao vivo.
A questão da segurança nacional envolvendo Dreamland é tão complexa que Hollywood satirizou o fato no filme Independence Day, quando fez alusão ao fato de que o próprio presidente norte-americano desconhecia sua existência.

Num evento ocorrido em março 2009, em Los Angeles, onde durante três décadas testou radares com as mais famosas aeronaves do mundo, inclusive o U-2, o A-12 OXCART e o F-117. Um dos entrevistados é Kenneth Collins, com 80 anos, é um piloto de teste da CIA, e recebeu o prêmio militar chamado de "A Estrela Prateada". Outros, Thornton mais conhecido com T.D. Barnes, tem 72 anos, e foi um engenheiro de projetos especiais da Área 51, e finalmente Harry Martin, com 77 anos, que foi um dos homens responsáveis pelo suprimento de combustíveis da base para o desenvolvimento de aviões espiões. Esse é o trecho da matéria que foi publicada em suas entrevistas:
Ao todo, foram feitos 2.850 testes de vôos do OXCART fora da Área 51 enquanto Slater foi o encarregado. "Isso é: Foram muitos avistamentos de supostos OVNIs! Ironizou Slater. Claro que os pilotos comerciais teriam que informá-los ao FAA, quando eles pousassem na Califórnia, e também é claro que estes supostos OVNIs seriam reconhecidos pelos agentes do FBI que fariam com que estes pilotos assinassem documentos a fim de manter o sigilo. Mas nem todo o mundo ficou calado, conseqüentemente foi o nascimento da Área 51 interligado com visitas e avistamentos de OVNIs. Os avistamentos provocaram um alvoroço em Nevada e nas áreas circunvizinhas forçando a força aérea a abrir o Projeto BLUE BOOK para o público.

Então o governo teve de revelar alguns funcionários da força aérea que participavam do Projeto OXCART (embora fosse um projeto em comum da CIA e da USAF), muitos avistamentos de OVNIs causaram alarmes internos do exército. Alguns generais acreditaram que os russos poderiam estar enviando aeronaves de defesa sobre os céus americanos a fim de incitar paranóia e criar pânico difundido uma invasão extraterrestre. Hoje, as conclusões do Projeto BLUE BOOK estão guardadas em alguns metros cúbicos de arquivos no prédio onde ficam os arquivos nacionais — São 74.000 páginas de relatórios. Não há uma palavra de busca que leve ou faça menção ao projeto ultra secreto OXCART ou Área 51.
O Projeto BLUE BOOK foi fechado em 1969 — Mais de um ano depois que OXCART foi aposentado. Mas os mistérios que continuam nas instalações militares mais clandestinas da América poderia levar mais outros 40 anos para serem descobertos.

Ufólogos do mundo inteiro somados à população se perguntam: quando é que o governo dos EUA vai admitir a existência da Área 51 e declarar à imprensa que tipo de atividades são desenvolvidas na base? É certo que em décadas de existência para testes de armamentos secretos em suas instalações justifiquem a segurança e a confidencialidade exacerbada da Base, porém, a população mundial tem o direito de saber de onde vem toda a tecnologia desenvolvida desde a segunda Grande Guerra Mundial, desde que ela certamente não condiz com a tecnologia conhecida pelo resto do mundo.

Se há um grande avanço tecnológico descoberto por essas bases, a fim de que ele não é repassado para o resto do mundo, propiciando o avanço e o progresso tecnológico, filosófico e cultural em todos os campos, principalmente o da medicina? É fato que a tecnologia utilizada na Área 51 está 45 anos à frente da tecnologia público. Uma Tecnologia adquirida pelas alianças governamentais com seres extraterrestres?
Existem rumores que os EUA estão em contato com 11 raças alienígenas diferentes, cooperando entre si para introduzir conceitos avançados de progresso tecnológico em armamento. Já houve especulação anteriormente sobre a raça tutora alienígena que teria cooperado secretamente com alguns cientistas alemães ainda no final da década de 1920, produzindo a Nave híbrida de antigravidade Circular, a RFZ -1 e outras semelhantes com seus efeitos antigravidade.

Se essa cooperação secreta de seres alienígenas com governos não existe, então de onde veio essa tecnologia tão avançada? O que existe de tão secreto nessas bases subterrâneas?
Que tipo de segredo os militares norte americanos escondem do resto da humanidade?
Sabemos que além dessa Base subterrânea, existem em média 3 DUMB por Estado que se localizam em terrenos de propriedade governamental Americana. Outras DUMBS foram descobertas na Suécia e em South Rand, África do Sul e Alemanha.
Segundo um fonte segura de um dos jornais dos EUA, existe um Sistema Mundial de Túneis Subterrâneos que se interligam pelo planeta. Se isso for verdade, o desenvolvimento desse Governo Único Mundial já está suplantado há tempo e a população mundial terá uma surpresa não tão agradável nos próximos anos: a que estaremos sendo governados por seres extraterrestres em comum acordo com grandes potências como EUA, Coréia do Norte e Alemanha.
Enquanto a ficção científica elabora um panorama de naves extraterrestres invadindo a Terra e dominando os seres humanos, o plano de invasão extraterrestre já está há décadas elaborado e sendo colocado em ação. E o que é mais terrível, com o pleno acordo de grandes Nações que certamente ocuparão a cúpula. A invasão se dará através do subterrâneo da Terra e não através de naves riscando o céu no conhecido cenário de"Guerras das Estrelas”.

Vídeos recomendados:
http://www.youtube.com/watch?v=7DiTciq-cDw&feature=player_embedded#

http://colunistas.ig.com.br/area51/2009/04/19/o-projeto-revelacao-the-disclosure-project/

http://www.youtube.com/watch?v=6HGIxuuuOUY







FONTES: http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81rea_51
http://www.ufo.com.br/materiaespecial/area51.htm
http://www.realidadeoculta.com/area51.html E OUTRAS.