Obras

Autora dos livros:

* Anunnakis, os Deuses Astronautas - Editora Madras
* A Conspiração Anunnaki - Editora De Geneve
* Ouro de Ofir - Alquimia do Antigo Egito - Editora De Geneve
* Efeito Exillis - O Segredo das Sociedades Secretas
* Mito - Livro de Poesias
* Operação Rhesus - Em busca do Elo Perdido ( Recém lançado. Maio 17)
* 2162 - O Código Secreto de Hitler (novel - LANÇAMENTO EM JUNHO 17)

sábado, 17 de outubro de 2009

The Philadelphia Experiment - Ações altamente secretas do governo dos EUA

O que você pensa sobre uma experiência de tal magnitude e assombrosa como a "The Philadelphia Experiment"? O que sua percepção diz sobre essas grandiosas experiências? Ou você se colocou no "holl" daqueles pertencentes ao grupo de simpatizante e alienados sobre fatos acobertados por governos para que não venham ao conhecimento geral? Sinceramente, você acha natural que a sua inteligência seja inferior a outras inteligências de seres de sua raça? Porque se você acha que tais experiências são provenientes apenas de mentes humanas e não da ajuda secreta de uma raça tutora alienígena (que tem como objetivo de passar conceitos avançados de progressos tecnológicos) é melhor que você reveja do porquê de estarmos tão aquém do QI desses militares simplesmente fantásticos!
Desculpe, as questões chocantes. Foram questões elaboradas de improviso para você pensar um pouco mais. Leia sobre o que escrevo abaixo:
Em 12 de agosto de 1943, durante a segunda Guerra Mundial, a Marinha teria realizado uma das experiências mais fantásticas e misteriosas da história envolvendo campos eletromagnéticos para elaborar armas de ataque e de defesa. É certo que, como citei em outra postagem, os Nazistas também desenvolveram armas surpreendentes de defesa e ataque, entre elas, as minas submarinas inventadas pelos alemães que serviam de armadilhas das quais poucos navios inimigos escapavam, pois as mesmas eram acionadas por campos magnéticos que detectavam os návios americanos. Para defesa, os norte-americanos passaram a utilizar o Sistema Degaussing, ou seja, um sistema que desmagnetizava o navio, deixando-o INVISIVEL aos radares.Os navios eram "enrolados" em bobinas e aplicavam nele um campo magnético (CEM) que desorientavam os magnetos dentro dos metais que formavam os navios, de modo que ficavam magneticamente neutros.
Ou seja, essa experiência ultra-secreta foi realizada no Estaleiro da Marinha dos Estados Unidos da América, na Filadélfia, onde os destróier USS Eldridge ficavam INVISÍVEIS aos radares e às minas magnéticas.

Essa experiência utilizou a Teoria do campo unificado, um termo cunhado por Albert Einstein. A Teoria do Campo Unificado visa descrever a interação entre as forças que compõem a radiação eletromagnética e a gravidade, utilizando alguma versão desta teoria para curvar a luz em volta de um objeto, tornando-o essencialmente invisível. Isso teria exigido equipamento especializado e energia suficiente. Que energia seria essa? Energia Exillis?
O projeto envolvia a utilização de potentes campos magnéticos provocados por geradores elétricos localizados em seus porôes que além de desaparecer de fato, teletransportavam os navios aparecendo em Norfolk, a mais de 300 km de distância de seu local de origem.Foi visto pela tripulação do navio mercante SS Andrew Furuseth, na Virgínia.

E o que é mais intrigante, aconteceram efeitos terriveis com os seus tripulantes. Alguns tripulantes estavam fundidos ao metal da embarcação. Outros permaneceram desaparecidos materializando-se em 1983 na base da aeronáutica no pico Montauk, Estado de Nova York, sede do secretissimo PROJETO MONTAUK, um outro projeto extensão da Experiência Filadélfia.
Os efeitos fisiológicos do experimento sobre a tripulação teria sido profundo: quase toda a tripulação adoecera violentamente. Alguns teriam passado a sofrer de doença mental como resultado de sua experiência; comportamento compatível com a esquizofrenia é descrita em outros relatos. Outros membros imóveis, como Jacob L. Murray teriam desaparecido fisicamente de forma inexplicada e cinco tripulantes teriam se fundido ao metal do anteparo ou do convés do navio. Parados, outros desapareceram dentro e fora do campo de vista. As vezes eles desapareciam, reapareciam em outro lugar, de repente, explodiam em chamas.
Raros tripulantes sobreviventes que reapareceram em 1983 alegaram que não havia ocorrido apenas o teletransporte do USS Eldridge, mas uma viagem no tempo. E o que é mais assustador, um enigmático personagem chamado AL BIELEK, que afirma ter estado à bordo do USS Eldridge, diz que o experimento foi supervisionado por um consórcio de seres alienígenas que incluíam os populares GREYS e os misteriosos REPTILIANOS.

Horrorizados com esses resultados, oficiais da marinha tiveram que cancelar imediatamente o experimento. Todos os sobreviventes da tripulação envolvidos sofreram lavagem cerebral na tentativa de fazer os mesmos perderem memória a respeito de detalhes da experiência.

Mas o que teria acontecido ao USS Eldridge?
Como ninguém conseguia explicar por que isso acontecera, o governo criou, em 1943, um comitê de pesquisa chamado Projeto Fênix comandado pelo físico húngaro-americano Janus Eric Von Neumann. O físico chegou à conclusão de que as ondas eletromagnéticas alteravam a percepção humana da realidade e que podiam ser usadas para exercer CONTROLE MENTAL à distância. As pesquisas continuaram e, para mantê-las afastadas do público, em 1971 o Projeto Fênix foi transferido para uma base da Aeronáutica em Montauk, Nova York, e rebatizado como Projeto Montauk.
Essa história começou a se tornar pública em 1955, quando um astrônomo formado pela Universidade de Michigan, publicou um livro institulado "Case for de Ufo". E veio até o conhecimento público amplamente na década de 70 com a publicação do livro "O navio Invisível - The Philadelphia Experiment`: Project Invisibility, atualmente fora dos catálogos da Ed. Record.

O navio SS Elbridge foi entregue à Grécia em 1946 sendo parte de acordo de boas relações com o país no pós-guerra. O navio foi rebatizado com o nome de A/T Leon e serviu a Marinha Grega até 1990.No entanto, esse navio apresentou alguns indícios estranhos como o ocultamento sobre fatos narrados em diário de bordo antes de ! de dezembro de 1943. Além de instalações elétricas com grande números de cabos que conduziam a parte alguma,totalmente sem função. Os tripulantes da Marinha Grega também observaram algumas situações esdrúxulas como desaparecimento de objetos ou a presença de pequenos circulos brilhantes esverdeados ao redor do casco, tremores no navio mesmo quando parado.

Alguns pesquisadores da experiência de Filadélfia teriam se encontrado no início de 1959 e decidido dar continuidade às experiências com Campos Magnéticos, só que dessa vez, no uso como arma de manipulação psicológica. Essa idéia foi aprovada pelo Departamento de Defesa dos EUA, dando ênfase ao desenvolvimento de uma arma capaz de induzir desordens psicóticas e de esquizofrenia nos inimigos, o qual ofereceu 10 bilhões de dólares para a execução do projeto.
Esse projeto teria começado com o nome de Phoenix Projecto, num campo da Força Aérea norte-americana, noo Brookhaven National Laboratory, em Long Island, Nova York. Entretanto, o projeto exigia a instalação de uma gigantesca antena de radar que iria prejudicar a segurança local. Por isso, ela foi instalada em Montauk, numa base fora do serviço, próxima aos laboratórios de Brookhaven. Esse radar teria a capacidade de influenciar a mente humana. O resto do equipamento foi instalado em 1967 e 1968 numa base subterrânea ampliada pela Agência de Segurança Nacional ( National Security Agency),a NSA, uma agência altamente secreta dos EUA que estabelece contatos com extraterrestres, os quais lhes fornecem tecnologia super avançada sobre hiperespaço e viagens no Tempo. O projeto ampliou de tal maneira que o local foi ampliado em 12 andares subterrâneo, chegando a empregar centenas de empregadores norte-americanos. Existem mitos e verdades sobre essas experiências. Uma dela, eu particularmente, evito pensar que seja verdade. A de que nesse projeto foi desenvolvida a utilização de mensagens subliminares capazes de atingir grande parte da população. Ou seja, manipular mentalmente a população dos EUA.

Nenhum comentário: