Obras

Autora dos livros:

* Anunnakis, os Deuses Astronautas - Editora Madras
* A Conspiração Anunnaki - Editora De Geneve
* Ouro de Ofir - Alquimia do Antigo Egito - Editora De Geneve
* Efeito Exillis - O Segredo das Sociedades Secretas
* Mito - Livro de Poesias
* Operação Rhesus - Em busca do Elo Perdido ( Recém lançado. Maio 17)
* 2162 - O Código Secreto de Hitler (novel - LANÇAMENTO EM JUNHO 17)

sábado, 27 de maio de 2017

LIVRO OPERAÇÃO RHESUS À VENDA NA AMAZON

OPERAÇÃO RHESUS está à venda no site da Amazon! Daqui uns dias, já terei o livro físico para a venda.
BOMBÁSTICO!!!
INFORMAÇÕES INÉDITAS COM EMBASAMENTO CIENTÍFICO! ARQUEOLOGIA PROIBIDA, HOMO CAPENSIS, HOMO SABOYE, KUMARAS, APOLIAN, LEVIATHAN, ETC. NÃO FIQUE DE FORA DESSAS 
                                    Sinopse
Que tipo de criaturas habitam as profundezas da Terra?
E se eles forem os hominídeos que no passado passaram pelo nosso planeta e foram considerados extintos pela Teoria da Evolução?
Gigantes, criaturas com grandes olhos amendoados, cabeças alongadas e com chifres podem fazer parte do cenário real do mundo subterrâneo. A Terra pode abrigar seres no mais fiel estilo do filme Senhor dos Anéis. O ET de Varginha e do Caso Roswell podem ter sido criaturas intraterrestres. Porque têm que serem extraterrestres? Porque eles não podem ser primos do homem?
Sempre que a arqueologia encontra crânios em formatos diferentes, a ciência tenta colocá-lo na escala evolutiva de Darwin. Sem provas, a Teoria da Evolução afirma que esses hominídeos se extinguiram. Mentira! Eles querem deixar a Humanidade longe da verdade. E se Darwin foi um agente do governo oculto que inventou essa teoria?

Esse livro contém informações nunca publicadas antes e faz um paralelo histórico e especulativo com base em achados arqueológicos, análise crânio-encefálico e manuscritos antigos. Após ler esse livro você nunca mais será o mesmo.
https://www.amazon.com/dp/B0719TBT8K/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1495907952&sr=8-1&keywords=annabel+sampaio


terça-feira, 9 de maio de 2017

ONDE ESTÃO OS DESTROÇOS DA DIE GLOCKE , A ARMA NAZISTA DE VIAGEM NO TEMPO?


Wunderwaffe - arma secreta nazista. Viagem no Tempo?
                                
         Em 2015, um navio russo partiu da Arábia Saudita “Porto f Jeddah” através do oceano Antártico, rebocando um objeto misterioso denominado de Arca de Gabriel
A importância dessa missão foi tão grandiosa para o governo da Rússia, que o presidente Putin ordenou que navios de guerra e satélites acompanhassem a missão de reboque da Arca.

Missão russa. 2015
Uma missão considerada sem precedentes na história da Rússia, denominada pelo Ministério da Defesa da Rússia
como Missão Crítica Militar-Religiosa. O objeto misterioso a ser rebocado pelo navio russo consiste em um dispositivo/arma que foi descoberto em 12 de setembro de 2015, por Masjid AL- Haram, na caverna de Hira, perto de Meca, na Arábia Saudita. Trata-se de uma arma-máquina que foi encontrada acompanhada de um manuscrito islâmico denominado Instruções do anjo Gabriel  a Maomé
Anjo Gabriel aparecendo para Maomé


Inicialmente, a arma foi acobertada pelos Guardiões das Duas Mesquitas Sagradas de Meca. Sua primeira tentativa em removê-la do local provocou a morte de 107 pessoas devido a uma intensa emissão de plasma. A segunda tentativa de remover a máquina do local foi realizada no dia 24 de setembro do mesmo ano e matou mais de mil pessoas, devido a emissão de um jato de emissão de plasma altamente destrutivo. Pela dificuldade de remoção do local, foi solicitada a ajuda da Igreja Ortodoxa da Rússia.

Morte de centenas de pessoas no Porto f Jeddah. Aftermath de 24 de Setembro "de emissão de plasma" over Grand Mosque.
Qual é a possibilidade dessa arma secreta ser o Sino nazista, a wunderwaffe, o Die Glocke? O Sino nazista seria uma réplica dessa misteriosa máquina rebocada pelos navios russos? 
A existência do Die Glocke foi confirmada pelas transcrições do interrogatório do Tribunal de Nuremberg por Jakob Sporrenberg. A Die Glocke ou Sino Nazista, cujo codinome foi Laternenträger ou Chronos, consistia em um sino de metal com 2,75 m de diâmetro por 3,65 a 4,6 m de altura. Essa arma continha dois cilindros que giravam ao contrário do outro, contendo um líquido metálico chamado Xerum 525 que era armazenado em uma espécie de "garrafa térmica gigante" forrada com 3 cm de chumbo. O sino emitia forte radiação quando acionado, provocando a morte de vários cientistas na década de 30 e 40, na Alemanha nazista.
Especula-se que essa máquina, que serviu como objeto de propaganda política para Adolf Hitler foi uma máquina de viagem no tempo. 

Com base nessas informações, a personagem do meu novo livro 2162, o Código Secreto de Hitler (lançamento em junho) voltou para 1944 para fazer a transcrição de DNA de Hitler para que ele pudesse fugir para o futuro, assim que o Exército Vermelho invadiu Berlim. Quem garante que Hitler não fugiu para o futuro? Afinal, a sua ossada jamais foi encontrada. A minha opinião é: Hitler jamais se acovardaria em um suicídio!


LANÇAMENTO JUNHO 17


FONTE:  WhatDoesItMean.Com. Freebase conteúdo licenciado sob CC-BY e GFDL.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Quem é Leviatã?

           https://www.youtube.com/watch?v=5cUaW6o17ys ( assista esse vídeo e veja que o desgelo pode estar sendo provocado por um grande animal).

A história sobre monstros tem sido negligenciada e até ridicularizada pela ciência contemporânea. Qual seria a razão? Se a nossa história é cheia de relatos sobre os mesmo, por que hoje a ciência se cala a respeito dos monstros? Há algum segredo pelo qual estamos proibidos de saber? Qual a relação que há entre os monstros e o Apocalipse? 
 Leviatã não é uma lenda. Ele habita o Mar Mediterrâneo, nas águas do Jordão. Todavia,  ele pode ter migrado para a Escócia e teria se transformado no Monstro do Lago Ness.Como vamos debater sobre um mistério tão profundo, que de início, nos parece lendário? Quantas lendas são reais e quantas realidades não passam de lendas? Precisamos desconfiar mais daquilo que se parece muito longe do nosso alcance... (Às vezes foi deixado lá de forma proposital). 


"O monstro de Loch Ness não é uma lenda mas sim uma realidade".  Marmaduke A. Wetherell, membro da Royal Geographical Society e da Royal Zoological Society.


LEVIATÃ
 O nome de Leviatã ou Leviathan é uma palavra hebraica que quer dizer “espiralado ou enrolado”, “animal que se enrosca”, e que aparece várias vezes no Antigo Testamento, Apocalipse e outros livros bíblicos. Trata-se de uma criatura aquática, um monstro dotado de poder e força. Um animal poderoso que tem uma ligação com um poderoso Império. Esse animal aparece na visão do Profeta Daniel, que possui uma ligação com a Divindade da Babilônia, o Tiamat. Leviatã foi citado como sendo um hipopótamo, outras vezes como um dragão, um peixe, serpente ou polvo.
Seria o monstro do Lago Ness?

Foto de Hugh Gray, 1933, pegadas do monstro do Lago Ness.

  Contemplas agora o hipopótamo, que eu criei contigo!Que come a erva como boi. Sua força está nos seus lombos e o seu poder nos músculos do seu ventre. Endurece a sua cauda como cedro e os tendões das suas coxas estão entretecidos. Os seus ossos são como tubos de bronze. O seu arcabouço como barras de ferro. Jo 40: 15 a19
Monstro do Lago Ness


Tu que com o teu poder dividisse o mar e esmagaste sobre as águas a cabeça dos monstros marinhos. Tu espedaçaste as cabeças do crocodilo e o deste por alimento às alimárias do deserto. Salmos 74: 13 e 14


O fato é que, as criaturas aquáticas inteligentes nos parecem tão inofensivas, não é? Ninguém tem medo de um tubarão gigante quando está longe do mar. Entretanto, existem mistérios aquáticos que podem sim nos afetar em terra. Caso contrário, não seria objeto de Salmos e nem tantas escritas da antiguidade, não é mesmo? Então, como o Leviatã poderá causar mal para a Humanidade? Vamos lembrar que, o símbolo do peixe possui um grande peso para a Igreja Católica e para o Cristianismo. Por que será? Por que a entidade Oannes é tão reverenciada, que até o Mitra ou chapéu do Papa tem a forma de um peixe? Você tem certeza que consiste em uma mera simbologia?Lembrando que, Oannes foi um peixe-homem, que possuía pés debaixo de sua cauda, que durante o dia vinha para  a Terra para ensinar os homens. Afinal, quem foi (ou é) Oannes? Seria Leviatã a mesma pessoa que Oannes? 

Segundo o idioma Ugaritico, escritas encontradas na cidade perdida de Ugariti, na Síria, Leviatã e Behemoth são míticos monstros marinhos, como serpentes retorcidas de sete cabeças, o caos da Babilônia. Consistem em dois monstros, um macho e uma fêmea, que foram lançados ao mar porque Deus temia que eles pudessem destruir o mundo.  Quem seria o Behemoth e o Leviatã mencionado nos livros de Enoque e de Esdras? 



     Conheça a verdade sobre Leviatã no meu novo livro Operação Rhesus - Em busca do Elo Perdido em pré-venda pelo e-mail annabelsampaio1@gmail.com. 

domingo, 7 de maio de 2017

OS NIBELUNGOS





O homem ( Homo sapiens) não é a única espécie do Gênero Homo que habita a Terra. Existem várias espécies humanas que dividem o globo terrestre com o homem: Homo kumâras, Homo apkallus ( seres humanos aquáticos), Homo saboye, Homo pisâchas, Homo capensis e outros. A existência d
esses seres humanos tem sido continuamente constatada através da arqueologia. Porém, a comunidade científica os classifica de acordo com a ultrapassada e  incoerente escala de evolução de Charles Darwin.

Brien Foster

Charles Darwin foi um naturalista britânico ( 1809-1882) que defendeu a Teoria da Evolução, afirmando que o homem é o resultado da evolução de todos os hominídeos. E que, os hominídeos, cujos crânios têm sido encontrados ao longo dos anos se extinguiram. Mentira! O homem não é o ápice da evolução humana e as outras espécies humanas não se extinguiram! Elas apenas mudaram o seu habitat e deixaram para o homem a superfície terrestre, a parte mais perigosa e sujeita aos intempéries da natureza. 
Por isso, a comunidade científica encontra-se em um cenário confuso. Todas as vezes que são encontrados fósseis de um novo primo da raça humana, a ciência quer enquadrá-lo no álbum de evolução da família humana. Todavia, existem crânios em formatos e tamanhos diferentes, cuja datação de Carbono acusa apenas 1500 anos. Esse tempo indica que: esses hominídeos viveram lado a lado com o homem. 
Como a ciência tem a ousadia de afirmar que todos esses hominídeos evoluíram para o homem?

E se os ETs de Varginha e do Caso Roswell não tiverem sido criaturas extraterrestres, mas hominídeos intraterrestres?

Dessa forma, os Ets do Caso Varginha e Roswell podem ter sido seres humanos que moravam em camadas subterrâneas da Terra e que vieram para a superfície. Por possuírem um tipo de tecnologia avançada, eles podem sobrevoar o nosso espaço aéreo com aeronaves, tendo o infortúnio de sofrerem acidentes ou serem flagrados pelos homens como ocorreu no Caso Roswell e Caso Varginha.
Assim, as aeronaves que sobrevoam nosso céu podem ser conduzidas por criaturas que habitam as profundezas da Terra e possuem bases aéreas em locais de difícil acesso ao homem. A história está repleta de casos de visualizações de aeronaves saindo de rios, lagos e oceanos. E com o avanço de nossos satélites e Google Earth, começam a serem identificadas construções submersas e subterrâneas, bases de aeronaves na profundidade da Terra, rios e oceanos.  Estruturas estranhas têm sido descobertas em várias regiões da Terra, provocando as mais variadas especulações. Essas estruturas constatam que a Terra não é simplesmente frequentada por seres estranhos, mas constitui a moradia permanente de várias espécies que são chamadas erroneamente como seres extraterrestres. Satélites têm deflagados estruturas em diferentes locais como no deserto de Gobi, na China.
O Instituto SETI ( Busca por Vida Inteligente)  começa a propor que precisamos nos preparar para diferentes padrões biológicos de formas de vida, totalmente diferentes dos nossos. Isso consiste em abrir a mente para além de uma perspectiva geocêntrica, numa probabilidade de existência que foge totalmente da nossa imaginação. Entretanto, eu vou além, alerto para a necessidade de nos preparar para uma grande descoberta no que se refere aos hominídeos que foram considerados extintos pela Teoria da Evolução. Eles não foram extintos coisa nenhuma! No decorrer dos séculos, eles formaram civilizações que se adaptaram a viver em locais com menos riscos de extinção.


PS: O fato é que, a ciência retrógrada ainda está em nossas mãos e estamos rodando em círculos, apegados a teoria ultrapassada de Darwin. Toda vez que surge uma ossada diferente, a ciência contemporânea corre para enquadrar o primata na família do homem. A maior parte dos hominídeos foge totalmente do quadro da Teoria Evolucionista Darwiniana, quando há comparação de ossadas, informações morfológicas e outros. Não há nenhum indício que o Homo sapiens é melhor do ponto de vista genético comparado às amostras genéticas de ossadas dos primatas encontradas. Contrariando a teoria da Evolução, o homem não é fruto do melhoramento dessas raças. Ele é apenas o resultado de uma série de acertos ou erros de um sequenciamento de nucleotídeos. Assim como resultou na espécie humana Homo sapiens, também teve outros resultados. Porém, ninguém ousa desafiar Darwin. Nenhum precursor do homem se transformou no homem. O homem nunca foi o macaco. É mais fácil acreditar na Teoria da Evolução do que explicar onde foram parar todas as outras subespécies humanas, pois TUDO iria mudar no campo da ciência e da religião. 
Cranio de Andover

O Hominidae e todas as espécies do gênero Homo e Australoptithecus pertencem ao Reino Animalia, Filo Chordata, Classe Mammalia, Ordem Primates, Família Hominidae, Gênero Homo. Eles constituem as mais variadas famílias. Apesar de serem hominídeos, eles são bem diferentes do homem, possuindo capacidades cognitivas e aspectos fisiológicos adequados ao meio que eles vivem. A diferença fundamental entre as espécies humanas, está no tamanho e formato do crânio, que coloca as espécies humanas em disposições diferentes em relação à linha de aprisionamento da grade eletromagnética da Terra.

Além da capacidade intelectual, eles podem se diferenciar de nós em aspectos de adaptação ao seu habitat. Se eles não estão expostos aos raios de Sol, eles podem ser revestidos de mucosa brilhante ao invés de pele, ausência ou presença de pelos. Podem ter olhos que se tornam avermelhados à presença de luz e diferenças anatômicas assustadoras. Além de que, a estrutura da ossada craniana se diferenciam em suas placas, forâmens devido à adaptação à força da gravidade. 

Mão com 3 dedos encontrada recentemente no Peru.
Os crânios das diferentes espécies humanas se diferem através dos seus formatos e tamanhos, pois é através das diferenças do crânio que é feita a matemática do cérebro, tendo como peça chave a glândula pineal. A posição em que se encontra a glândula pineal na massa encefálica dita a intensidade do aprisionamento da sua alma. Todos os locais do cérebro estão emparelhados, com homólogos à esquerda e à direita, lobos frontais direito e esquerdo, lobos temporais direito e esquerdo. Todavia, a glândula pineal é o único orgão que não está empareado, ela está sozinha. O traçado geométrico dela em relação ao formato e tamanho do crânio, ao trajeto do líquido cefalorradiquidiano e as linhas de Ley da Terra. Essa junção glândula pineal e Terra é tão forte que dá a ela as funções de controle do tempo, como o controle do ciclo do sono e de vigilia através da produção de melatonina, que é estimulada pela escuridão e inibida pela luz. Imagine uma torre com uma antena, a glândula pineal funciona como a antena do Sistema Nervoso Central, que nada mais é do que a central elétrica dirigente do corpo, convertendo ondas eletromagnéticas da Terra em estímulos neuroquímicos. 
As espécies humanas que habitam a Terra são classificadas em Homo sapiens (homens), Homo pisâches, Homo apkallus, Homo kumâras, Homo saboye e outros.

Apenas como exemplo, o Homo saboye consiste em uma espécie humana de alta evolução espiritual e tecnológica. Eles existem em duas dimensões distintas, terceira e quarta dimensão. Possuem os crânios pouco alongados com protuberância na região superior occiptal do cérebro. Especula-se que o primeiro imperado da China, Qin Shi Huang (260 a.C – 210 a.C) foi um Homo saboye que teve a missão de unificar a China. Por coincidência, os crânios do exército chines de Terracota, liderado pelo primeiro imperador da China, Qin Shi Huang, possuía essa protuberância no topo da cabeça. Huang foi considerado dono de imensos poderes e de família de vida muito longa.  
            O imperador Quin Shihuang visitava com frequência uma lendária ilha sagrada chamada Ilha dos Imortais. O imperador morreu ao tomar uma poção para se tornar imortal. Todavia, em 1974, arqueólogos da China descobriram que o seu corpo está enterrado em um complexo, cuja sepultura contém uma câmara subterrânea. O complexo foi construído pelos guerreiros de Terracota e fica no alto de uma colina. Acredita-se que o mausoleu levou 49 anos para ser construído e possui 2,2 quilômetros de extensão. O complexo é guardado pelas Estátuas de Terracota e por armadilhas mortais.
O Homo capensis possui a sua constituição física semelhante a do homem, embora ele possua o cérebro 25 a 30% maior, 60% mais pesado, o que provoca o alongamento do crânio.  Pela debilidade da raça, eles podem ser franzinos ou muito magros. Isso pode ser devido à renovação celular ser exclusiva da molécula de RNA e não DNA. E também porque 99% de sua raça vivem em planos subterrâneos de nosso planeta. Pela ausência da força da gravidade, os seus músculos e ossos se atrofiaram, perdendo massa óssea. Segundo a NASA, os astronautas perdem até um por cento da sua massa óssea por mês quando estão no espaço. A cor da sua pele também é mais cinzenta devido aos baixos níveis de oxigênio no sangue.Os corpos dos Homo capensis possuem níveis meta-atômicos, com códigos de organização baseados no carbono como veículo para a sua representação física. Eles podem manipular a sua própria ressonância módica ( teoria de Rupert Sheldrake, que se trata de ressonâncias módicas), pois eles possuem existência em campos energéticos que se organizam em todas as formas. Ou seja, o Homo capensis pode criar forma de si mesmo que se encaixa tanto no estado físico como no estado não físico. Assim, eles marcam presença de duas maneiras no Universo polarizado. Os Homo capensis possuem uma vida mais longa em relação ao homem (Homo sapiens). Eles consistem em uma espécie de Homos, que possuem um elevado Qi=15. Eles não são emocionais. São matemáticos e possuem maior inteligênicia do que o homem. Disfarçam com facilidade os seus crânios alongados usando chapéus. A existência dos Homo capensis foi confirmada arqueologicamente através das 300 caveiras de Paracas. Paracas é uma península desértica que se localiza na província de Pisco, na costa Sul do Peru. Em 1928, Julio Tello, um arqueólogo peruano, descobriu um cemitério de 300 indivíduos que possuíam os maiores crânios alongados do mundo. O Museu Histórico de Paracas enviou 3 amostras genéticas das múmias para exame (pele, dentes e fragmentos ósseos). O exame genético revelou que esses crânios são diferentes do crânio do homem. A datação acusou apenas 3000 anos de existência desses crânios. Essa datação é muito recente, pois indica uma vida concomitante com o homem. Segundo o teste genético, o DNA mitocondrial (derivado da mãe) apresentou resultados diferentes de qualquer homem ou primata conhecido. 
 Todos as espécies humanas são detalhados de forma anatômica, fisiológica e também onde vivem no meu novo livro Operação Rhesus.
Adquira o meu livro com 15% de desconto na pré-venda (31 reais + frete único de 5 reais para qualquer lugar do país) através do e-mail annabelsampaio1@gmail.com 


quinta-feira, 27 de abril de 2017

PROMOÇÃO DE LANÇAMENTO DO MEU NOVO LIVRO OPERAÇÃO RHESUS

VALOR 31 REAIS + FRETE ÚNICO DE 5 REAIS. ENVIO PARA TODO O BRASIL. Depósito bancário.

Pedidos: annabelsampaio1@gmail.com

                                                  SINOPSE
Que tipo de criaturas habitam as profundezas da Terra?
E se eles forem os hominídeos que passaram pelo nosso planeta e foram considerados extintos pela Teoria da Evolução?
Gigantes, criaturas com grandes olhos amendoados, cabeças alongadas e com chifres podem fazer parte do cenário real do mundo subterrâneo. A Terra pode abrigar seres no mais fiel estilo do livro Senhor dos Anéis. O ET de Varginha e do Caso Roswell podem ter sido criaturas intraterrestres.
Sempre que a arqueologia encontra crânios em formatos diferentes, a ciência tenta colocá-los na escala evolutiva de Darwin. Sem provas, a Teoria da Evolução afirma que esses hominídeos se extinguiram. Mentira! Eles querem deixar a Humanidade longe da verdade. E se Darwin foi um agente do governo oculto que inventou essa teoria?
Quem foram as criaturas de crânios alongados de Paracas? De quem é a mão mumificada de apenas três dedos alongados que foi encontrado no Peru?
E se a Humanidade tiver prazo de validade? E se os deuses sumerianos implantaram artefatos para acelerar a inversão do eixo da Terra? Criaturas do submundo terrestre podem estar nos advertindo sobre um cataclismo. E se os agroglifos estiverem sendo feitos de baixo para cima?
Preparem-se para a mais chocante revelação dos últimos tempos!
Esse livro contém informações nunca publicadas e faz um paralelo histórico e especulativo com base em achados arqueológicos, análise crânio-encefálico e manuscritos antigos. Após esse livro, você nunca mais será o mesmo.


quarta-feira, 4 de maio de 2016

LIVRO A CONSPIRAÇÃO ANUNNAKI EM PROMOÇÃO NAS LIVRARIAS SARAIVA!

PROMOÇÃO IMPERDÍVEL DO LIVRO A CONSPIRAÇÃO ANUNNAKI NAS LIVRARIAS SARAIVA DE SUA CIDADE. Considerado pela crítica o livro mais polêmico do momento, O LIVRO FAZ REVELAÇÕES INÉDITAS. Você não ficará de fora dessa, não é???

quarta-feira, 23 de março de 2016

AS SEREIAS EXISTEM?


Quantas criaturas mais inteligentes do que o homem podem se esconder na profundidade dos nossos oceanos?


A fauna aquática ainda é inexplorada. Os oceanos cobrem dois terços da superfície da Terra, concentrando a maior parte dos seres vivos e da biodiversidade ainda não explorada. Só o oceano Atlântico possui 91 milhões de quilômetros quadrados, sem contar os outros oceanos.
Todavia, o assunto sobre criaturas inteligentes aquáticas é um assunto proibido. Até hoje, todos os esforços de equipes de pesquisas científicas para provar a existência de sereias ou similares são desacreditados pela comunidade científica mundial. 
Existe um grande mistério. Será que há algo em relação à ancestralidade do homem?
            Seres humanos podem ter tido ancestrais marinhos?
Observe as nossas mãos, elas possuem membranas entre os dedos, principalmente, entre o polegar e o indicador. Essa membrana pode ser um resíduo de um ancestral aquático? 
 O homem é o único primata que não possui o corpo totalmente coberto por pelos. Além disso, é o único mamífero bípede, pois na água qualquer mamífero tende a manter a posição vertical. Até a nossa respiração é diferente de outros mamíferos, pois podemos controlá-la de modo voluntário ao mergulhar. De acordo com todos os mamíferos aquáticos nós temos uma reserva de gordura no corpo. Além da facilidade de nadar. Afinal, porque nunca foi cogitada essa ancestralidade pela comunidade científica mundial? 
Criaturas aquáticas da atualidade podem ter sido remanescentes de tempos pré-históricos?

Poseidon, o deus supremo dos mares pode não ser apenas uma lenda da mitologia grega. Quem nos garante, que não há vida inteligente no fundo de nossos oceanos?

Phineas Taylor Barnum (1810-1891), um empresário do ramo de entretenimento norte-americano, comprou uma múmia de sereia durante a guerra civil e começou a expor para a população. Todavia, em 1865, o museu de Barmum que exibia a múmia da sereia foi destruído por um grande incêndio. Porém, a foto da múmia foi preservada pelos arquivos secretos do governo dos Estados Unidos da América.
Nos últimos anos surgiram criaturas anfíbias bem bizarras nas orlas do mundo. Sem questionar a veracidade das fotos, existe a possibilidade de existir hominídeos anfíbios em nossos oceanos. O leque de possibilidades é grande.
Documentos antigos narram a existência de criaturas metade anfíbio-réptil e metade homem há milhões de anos antes do Dilúvio. Antigos documentos estão cheios de simbologia reptiliana/anfíbia, marcando a sua presença no Antigo Egito e também na Antiga Mesopotâmia. 


Fig de Oannes
Segundo Beroso, um sacerdote do século III a.C, tratavam-se de criaturas que se assemelhavam aos homens-peixes e as mulheres-sereias. Eles possuíam sobre os seus corpos uma casca escamosa semelhante à de um peixe. E tinham pés por debaixo da cauda. Para a sua defesa, eles feriam com a sua cauda o que tivesse sob o chão da Terra.
Seus corpos inteiros eram cheios de escamas semelhantes a um peixe. Porém, sob a cabeça de peixe, eles tinham outras cabeças, assim como eles tinham pés semelhantes aos de um homem embaixo de sua cauda. Suas línguas e as suas vozes eram articuladas. Todavia, uma dessas criaturas anfíbias se destacou. Foi Oannes, o deus do conhecimento e da sabedoria, que tinha os segredos da vida e da morte. Até hoje algumas religiões prestam culto a ele. O chapéu do papa ( Mitra) faz referência à cabeça de um peixe. 
Ele trouxe a sabedoria através de compêndios da ciência. Entre elas, a Medicina, a Astronomia, a Matemática, Agricultura, leis, letras, artes e o segredo real das Construções da antiguidade. Segundo o relato de Apolodoro, Oannes vivia no Golfo Pérsico e todos os dias ele emergia das águas para ensinar à humanidade. Ele passava o dia inteiro entre os homens, dando a eles o conhecimento. Quando o sol se escondia, Oannes sempre voltava para as águas, pois era um anfíbio. Ele ressurgia com novos conhecimentos a cada novo despertar, voltando às aguas quando o Sol se escondia no poente.
Seres anfíbios-homens foram os responsáveis pela formação de importantes civilizações como do Antigo Egito, civilização Suméria, civilização Draviniana da Índia (período neolítico) e a civilização que precedeu os maias, no México. A história sobre deuses-serpentes e répteis que vieram para a Terra aparece no contexto cultural e religioso de civilizações como da Suméria, Babilônia, América Central, China, Índia, Japão e outros. Todavia, a raça de anfíbios se alastrou para diferentes partes do mundo através das águas. Os anfíbios chegaram ao Egito pela costa do Mar Mediterrâneo.
Beroso, que tinha acesso às tabuletas de argila da biblioteca do Templo de Jarán (sudeste da Turquia), escreveu uma história de deuses em três volumes. Essa história começava em 432.000 anos antes do Dilúvio, quando os deuses chegaram à Terra. Beroso descreveu uma lista de nomes e a duração de seus reinados. O que encabeçou a lista foi um líder vestido como se fosse um peixe de nome Oannes. Escritos traduzidos por autores como Manly Palmer Hall também fazem referência a uma criatura chamada de Neptuniano Quinotaur, Oannes, Dagon, um animal marinho que engravidou a mãe do primeiro rei merovíngio. Essas criaturas se casaram e tiveram laços consanguíneos com as filhas dos homens. A descendência de Oannes deixou na Terra um núcleo de reis-sacerdotes que estabeleceram uma tradição secreta e sagrada cuja comunicação é chamada de Ultraterrestrial.

“Os Filhos de Cuxe: Sebá, Havilá, Sabtá, Raamá e Sabtecá. Cuxe gerou a Ninrode, o qual começou a ser poderoso na Terra”. Gênesis 10:7,8. 
                                     
        Continua em meu livro A Conspiração Anunnaki